Cheesecake sem glúten e lactose


Oioiii, pessoal!!! Hoje vou ensinar a fazer uma cheesecake sem glúten e lactose, muito levinha e fácil 😉

Estão sabendo que lá no canal do Youtube está tendo especial de verão, né? Se você não sabia quer dizer que não tem me acompanhado nas redes sociais!!

Se este é o caso, corre lá: Instagram e Facebook.

Aqui no site tem duas receitas de cheesecake: uma de manga com pistache e outra que o recheio é com tofu. Eu amo as duas, e estou amando essa nova receita também.

Fiz uma base de torta tipo biscoito. Para deixá-la sem lactose, troquei a manteiga pelo óleo de coco, que também pode ser manteiga ghee ou óleo de girassol. Já para o mix de farinhas sem glúten, procurei farinhas de fácil acesso. Portanto, nesta receita, usei farinha de milho (fubá), polvilho doce e farinha de oleaginosas.

A massa é propositalmente pouco doce, para deixar o show com o recheio 😉

O recheio fiz com creme de castanha de caju, que acho que dos leites vegetais é o que tem a melhor consistência para sobremesas. Para deixar mais firme usei o ágar-ágar, mas você pode usar a gelatina incolor.

Para o sabor lembrar o de queijo: um toque de limão e pouco açúcar. Saborizei a minha com extrato de baunilha, mas poderia ainda ter usado cacau, caramelo, canela ou algum outro extrato/essência.

Você pode servir com caldas ou geléias caseiras, ou ainda com frutas frescas picadas.

Veja no vídeo como é fácil, e como a Bahia é linda 😉 :

Clique e conheça meus e-books com receitas exclusivas! Opções a partir de R$19,90

Esta receita é (clique nos ícones para mais receitas de cada categoria):

Ingredientes:

Para a massa:

  • 3/4 xícara de ou farinha de grão de bico, ou de arroz integral, ou outra
  • 1/2 xícara de polvilho doce
  • 1/4 xícara de farinha de oleaginosas – amêndoas, castanhas, etc
  • 5 colheres de sopa de óleo de coco, de girassol ou ghee
  • 1 ovo
  • 1 colher de sopa de açúcar demerara, mascavo, stevia ou xilitol.
  • Água caso necessário

Para o recheio:

  • 1 xícara de castanha de caju deixada de molho por 8h
  • 1/2 xícara de água
  • 1 colher de sopa de ágar-ágar
  • 1/2 a 1 limão
  • Adoçante de sua preferência à gosto

Instruções:

  1. Misture os ingredientes secos em uma tigela.
  2. Adicione o óleo de coco e misture bem, para que vire uma espécie de farofa.
  3. Adicione o ovo e mexa a massa, para que todos os ingredientes se combinem.
  4. Caso esteja utilizando as mãos, mexa apenas com as pontas do dedo, para a massa não desandar com o calor.
  5. Monte o fundo da torta em uma forma de fundo removível.
  6. Faça furos na base da torta.
  7. Asse em forno pré-aquecido à 180 graus por 20-30 minutos, ou até dourar.
  8. Agora o recheio. Bata no liquidificador as castanhas e a água até ficar bem cremoso e lisinho.
  9. Adicione o ágar-ágar e o adoçante que escolheu, bata novamente.
  10. Despeje a mistura em uma panela.
  11. Leve ao fogo até levantar fervura e conte 1 minuto.
  12. Desligue o fogo e despeje o creme em recipiente de vidro ou cerâmica.
  13. Leve à geladeira para gelar e endurecer (1h mais ou menos).
  14. Retire da geladeira e transfira o creme endurecido para o liquidificador.
  15. Coloque o suco do limão e o extrato de baunilha.
  16. Bata até ficar cremoso.
  17. Despeje o creme na base da torta já fria.
  18. Deixe na geladeira até servir.

11 comentários em “Cheesecake sem glúten e lactose

  • 16 de março de 2019 at 12:18
    Silesia

    O recheio fica um creme,pastoso…ele ferve ,não queima?

    Reply
    • 3 de abril de 2019 at 15:44

      Oi! Queima se esquecer no fogo.
      Se não, não 🙂

  • 24 de maio de 2017 at 14:29
    Mara

    Quanto de ágar-ágar? Não está descrito na receita. Obg 🙂

    Reply
  • 18 de abril de 2017 at 0:45

    Gostaria de saber da polêmica acerca da ausência do glúten para quem não tem nenhum problema em relação a ele? Li recentemente que a ausência dela na alimentação pode trazer sérios danos à saúde. É sério isso?

    Reply
    • 18 de abril de 2017 at 9:39

      Oi Brenda!
      Qualquer mudança grande na sua dieta e hábitos alimentares deve vir acompanhada de estudos e adequações feitas por um profissional, como nutricionista ou nutrólogo, para que não haja perigos ou danos a sua saúde.

  • 23 de fevereiro de 2017 at 17:45

    amei a receita

    Reply
  • 14 de fevereiro de 2017 at 17:20
    Marcelo Pires

    Oi tudo bem!!!
    Gostei muito de sua receita Flávia!!!!!
    Sou formado em gastronomia, e estou querendo fazer muito uma pós em cozinha funcional!!!!!
    Curto muito seu site e suas receitas!!!!
    Beijos de um fã Marcelo Pires!!

    Reply
  • 13 de fevereiro de 2017 at 17:41
    Fernanda

    E se feito com gelatina incolor, qual o procedimento?

    Reply
  • 10 de fevereiro de 2017 at 20:24
    Aline

    Oi Flávia, gostaria muito de saber sobre as farinhas e suas funções para substituir o glutem.

    Beijo

    Reply
  • 3 de fevereiro de 2017 at 12:20
    Ilia

    Qto vai de agar-agar no recheio? Vc esqueceu de colocar na descricao dos ingredientes.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *