O que evitar na dieta FODMAP

Se você está aqui, provavelmente está em tratamento e buscando saber o que evitar na dieta FODMAP.

Vou ajudar você com algumas informações simples e objetivas, porque sei que o tratamento para Síndrome do Intestino Irritável, SIBO e até disbiose pode requerer um período de dieta FODMAP.

Essa dieta não é a mais fácil de seguir, pois é bem restrita. Inclusive você pode conferir minhas 4 dicas infalíveis para seguir a dieta FODMAP.

Neste post, você vai saber:

O que é a dieta FODMAP, o que evitar e o que pode comer na dieta FODMAP.

Vamos lá:

O que é a dieta FODMAP?

FODMAP é o acrônimo para Fermentable Oligosaccharides, Disaccharides, Monosaccharides, and Polyols. Traduzindo e simplificando, são carboidratos fermentáveis como oligossacarídeo, dissacarídeo, monossacarídeo e polióis.

A dieta em si é um tratamento de saúde para diminuir sintomas de má digestão característicos de alguns casos como SII, disbiose intestinal ou SIBO.

A dieta Low-FODMAP é difícil de manter por longos períodos e é melhor usada em momentos de crise da SII. Isso porque grande parte de carboidratos – como frutas, legumes e grãos, devem ser evitados. O ideal é que seja feita num período de 2 a 6 semanas.

Isso porque alimentos saudáveis e fontes de micronutrientes importantes como vitaminas, minerais e fibras são deixados de fora da alimentação por um período.

*As recomendações específicas de dieta FODMAP não são recomendações gerais para indivíduos saudáveis.

O que evitar na dieta FODMAP?

O importante é cortar os alimentos com alto teor de FODMAP, evitar ao máximo os com teor moderado de FODMAP e diminuir o consumo dos alimentos com baixo teor de FODMAP.

Alguns exemplos:

Frutose: frutas, mel, xarope de frutose

Lactose: leite e derivados

Frutanos: trigo, cevada, cebola, alho, alcachofra, couve-flor, cogumelos e cereais

Galactose: feijões, legumes, castanhas

Polióis: adoçantes que terminam com “ol” (xilitol, maltitol, eritritol, etc)

O que pode comer na dieta FODMAP?

O ideal é que a dieta seja baseada em alimentos de fácil digestão e que não promovam fermentação.

Como a digestão deve estar bem enfraquecida, tudo o que facilitar o trabalho, melhor.

Com moderação (e dependendo das indicações dos profissionais de saúde que te acompanham), pode consumir com moderação:
  • abacate
  • amêndoas
  • coco e água de coco
  • avelã
  • chia
  • batata doce
  • milho
  • ervilha torta
  • beterraba, repolho, brócolis, salsão
  • stévia, sucos de frutas permitidas



Se quiser saber mais, baixe meu e-book gratuito Guia dos alimentos FODMAP clicando aqui!

Compartilhe esse conteúdo com quem você acha que pode se beneficiar!!

Se ainda não me segue no Instagram te espero lá! Tem conteúdo novo todo dia 🙂

Um beijo,

Saiba mais sobre o assuntos nos posts abaixo:

FODMAPS – o que são?

Síndrome do Intestino Irritável – o que é e quais os sintomas

Xilitol é bom mesmo?

 

 

Sobre o Autor

Flavia Machioni

Flavia Machioni

Eu sou a Flavia, autora do Lactose Não. De 2012 a 2019 criei conteúdo aqui para o blog que fez parte de um capítulo muito significativo da minha história. Hoje, me dedico a outros projetos que você pode conferir em minhas redes sociais. Aqui, você confere todo conteúdo compartilhado em 8 anos e que decidi manter no ar. Espero que aproveite!

1 comment on “O que evitar na dieta FODMAP

  • 4 de julho de 2020 at 23:51

    Tenho intolerância a lactose e SII e logo que descobri essa condição descobri você. Foi reconfortante saber que a vida não tinha acabado e ainda poderia comer muita coisa gostosa fazendo algumas substituições. Na época, lá em 2013, excluí a lactose da alimentação e o gastro tratou a SII com remédios. Semana passada esqueci um dia de tomar o remédio para a ansiedade e foi o suficiente para “acordar” minha SII. Só que agora não tenho mais convênio e conseguir consulta com gastro ou nutri pelo SUS demora uns 6 meses se eu tiver sorte. Então resolvi seguir a dieta low FODMAPS para aliviar os sintomas. E aí surgiu um problema: com o que eu tempero as coisas se não posso usar alho e cebola. Na carne deu um jeito com sal, pimenta, páprica, orégano. Mas e o arroz? Fiz só com sal e ficou tão sem gracinha… tem jeito?

Comments are closed.

Politica de Cancelamento para Cursos Online - Flavia Machioni Consultoria em Alimentação Saudavel Eireli (CNPJ: 19.521.725/0001-53)

l