Biscoito salgado sem glúten e vegano


Oiii, tudo bem? Que tal uma receita prática, nutritiva e deliciosa de biscoito salgado sem glúten e vegano?

Se você me acompanha há algum tempo por aqui, ou pelas redes sociais, sabe que adoro criar receitinhas sem os principais alergênicos para abraçar todo mundo.

Por isso a receita de hoje é um biscoito salgado sem glúten, lactose e ovo – portanto, vegano. Fazia tempo que estava procurando um biscoito salgado gostoso e fácil de fazer. Sabe aqueles perfeitos para servir com patês e pastinhas?

Essa receita é uma adaptação da receita de crackers da minha amiga linda Amabile Kolenda, do Tofuncional. Hora da propaganda: para quem não conhece o trabalho dela, corram! As receitas dela são sensacionais.

Voltando aos biscoitinhos: fiz adaptações para que ele ficasse 100% integral – sem nenhuma farinha refinada. Como troquei algumas das farinhas, ele virou lowcarb. Optei por farinhas ricas em proteínas e fibras.

Esta receita é mais uma daquelas coringas e que não tem desculpa para não fazer: você pode combinar diversas farinhas diferentes e ela sempre vai dar certo.

Varie a receita com ervas, especiarias, sal temperado, cebola e alho em flocos, tomate seco triturado e o que mais você gostar e tiver em sua despensa.

Não esqueça que este biscoitinho tem que ser bem crocante!

Quer aprender mais receitinhas comigo? Acompanhe meu canal no Youtube.

Clique e conheça meus e-books com receitas exclusivas! Opções a partir de R$19,90

Esta receita é (clique nos ícones para conferir mais receitas de cada categoria):

Ingredientes:

  • 1/2 xícara de farinha de amêndoas
  • 1/2 xícara de farinha de amaranto ou quinoa ou grão de bico – ou 1/4 xícara de alguma dessas farinhas e 1/4 xícara de farinha de banana verde
  • 2 colheres de sopa de farinha de linhaça
  • 1 colher de chá desal
  • 1/4 de colher de chá de fermento químico – o branquinho
  • 1/4 de xícara deágua mineral
  • 1 colher de sopa deazeite de oliva extra virgem
  • Temperos à gosto – eu usei:
  • 1 colher de chá de gengibre em pó
  • 1/2 colher de chá decurcuma
  • 1 colher de sobremesa de orégano

Instruções:

  1. Pré-aqueça o forno a 230 graus.
  2. Misture os ingredientes secos em uma tigela e misture bem.
  3. Adicione a água e o azeite de oliva e mexa até ficar bem incorporado e virar uma bola de massa – não precisa mexer muito.
  4. Abra a massa sob papel filme o quão mais fina você conseguir sem ela quebrar.
  5. Corte no formato que desejar e coloque em uma assadeira untada ou forrada com papel manteiga.
  6. Asse à 230 graus por uns 20-30 minutos ou até ficarem dourados e crocantes.
  7. Espere esfriar e armazene em pote bem fechado!

10 comentários em “Biscoito salgado sem glúten e vegano

  • 21 de maio de 2017 at 13:24
    Ester Bastos

    Receita fantástica!!!! Super rápida de fazer e ficou muito, mas muito bom! Temperei com gengibre e uma mistura de ervas com limão. Não precisa de nada para acompanhar, rsrsrs, perfeito para levar na bolsa. Parabéns, Flávia! Bjs.

    Reply
  • 1 de agosto de 2017 at 9:07
    luiza

    eu fiz!!! ficou maravilhoso!! nunca mais compro bolachas em casa. minha filha tambem está entrando no clima. até me ajudou a cortar o biscoito! obrigada por existir

    Reply
  • 16 de janeiro de 2018 at 6:10
    Mônica

    Maravilhoso
    Super fácil de fazer e fica. Uma delícia.
    Obrigada Flávia por compartilhar receitas deliciosas e saudáveis.

    Reply
  • 14 de abril de 2018 at 7:37
    Claudine

    Fica maravilhoso! Faço toda semana aqui em casa! Amo! Obrigada Fau!

    Reply
  • 27 de abril de 2018 at 14:57
    ketlen

    é possível trocar a farinha de amêndoa?

    Reply
  • 14 de maio de 2018 at 14:18
    Claudine

    Fau, qts duas ela dura? Como conservá-las? Responde, por favor! 😅😅

    Reply
    • 21 de maio de 2018 at 17:36

      Oi! Conserve em pote bem vedado.
      Validade de receita caseira depende de inúmeros fatores como temperatura, umidade, condições de armazenamento, ingredientes, etc.
      Fique atenta a aparência, cheiro, cor, etc.

      Reply
  • 24 de maio de 2018 at 18:04
    Catiane Oliveira Hoffman

    Flávia, boa noite, essa farinha de banana verde tem substituição?

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *