O que a intolerância à lactose me trouxe de bom!

Oiii meus queridos!!!! Hoje o post é bem diferente, vim contar o que a intolerância à lactose me trouxe de bom.

Fiquei um bom tempo criando coragem para postar na verdade, mas aqui está! Confesso que to meio com vergonha/medo dele, mas vamos lá né.

Antes de tudo vou começar explicando o porquê de um post assim, se aqui é um blog sobre intolerância à lactose. Simples: desde que eu descobri a minha intolerância a lactose a minha vida só melhorou, e se você duvida leia o post até o final!!! ahhaha

Eu sei que muitos de vocês, principalmente quem descobriu a IL recentemente, estão desanimados, sem estímulo, tristes. Parece que tirar a lactose da nossa vida vai ser traumático. É por isso que eu vim expor minha história aqui, (expor mesmo, ali embaixo a foto do meio eu NUNCA mostrei pra ninguém, deve ser a única foto que eu tenho de biquíni dessa época  e olha eu colocando na internet! hahahahah) – pra mostrar que é o início de uma nova fase, uma fase em que você vai aprender a se cuidar e respeitar seu organismo 🙂

No ano passado eu fiz um post contando como descobri minha intolerância à lactose, lembram? Está aqui.

Lá eu contei que nunca me alimentei muito bem e que derivados do leite e coisas que continham bastante lactose eram muito presentes na minha vida. Sempre foi comum eu passar mal, sempre me sentia mal, enjoada, inchada, tinha muita dor no estômago, mas não fazia ideia o que era intolerância à lactose e nenhum médico nunca cogitou poder ser essa a origem de todos meus desconfortos.

Mas isso já contei né.

Veja abaixo o vídeo que gravei, em 2016, contando como descobri minhas alergias alimentares.

(Já aproveita e se inscreve no meu canal do Youtube 😉 )

Bom, além disso eu nunca fui fã de esportes. Tá, mentira, quando eu era criança e morava em SP ainda (até meus 10 anos) eu fazia natação e outros esportes. Vim pra Curitiba e larguei mão de tudo. Quando tinha uns 18 anos resolvi começar Yoga, eu amei, mas não demorou muito para eu largar. Era muito preguiçosa.

Eu nunca fui gorda, minha estrutura é bem pequena e sou baixinha. Além disso nunca fui insatisfeita com meu corpo, sabia que não tinha um corpo de revista mas não tinha problemas com isso.

Isso até eu morar na Austrália, onde tudo desandou. Fui pra lá com 21 anos, e além de não saber cozinhar eu também não sabia comer direito. O que aconteceu? Engordei bastante! Eu SÓ comia pizza, Mc Donald’s e sorvete.

Eu comia tão mal que depois de meses envenenando meu corpo ele pifou, de verdade. Fui fazer uma viagem pela Indonesia e Tailândia e assim que cheguei em Bali fui pro médico. Fiquei na cama do hotel por uns 3, 4 dias. Depois disso não consegui mais comer igual eu comia – que bom né? hahahaha

Voltei para a Austrália e em 1 mês e pouco perdi uns 6 kg. Como? Não conseguia comer, e comecei a me exercitar – caminhava na praia, etc.

Alguns meses depois voltei pro Brasil. E daí que as coisas realmente mudaram. Adotei um estilo de vida saudável. Comecei a me interessar muito por nutrição e exercícios físicos. Entrei na academia, comecei a fazer musculação e voltei pra Yoga. Além disso resolvi fazer  exame para Intolerância à Lactose e deu positivo.

Com tudo isso eu aprendi a cozinhar e a gostar disso! Aprendi a ler informações nutricionais das embalagens, aprendi a diferença entre os tipos de gordura, aprendi quais alimentos são melhores que outros, e hoje em dia eu gosto mesmo de tudo isso. Leio muito sobre alimentação, nutrição, suplementos, receitas!

Isso faz um pouco mais de 3 anos, e desde então meu corpo e minha vida mudaram muito. Além de me sentir bem mais feliz com meu corpo, eu me sinto muito mais disposta e o mais importante eu sei que estou muito mais saudável.

Vejam aqui a foto:

Diferente né?

Hoje em dia a minha rotina alimentar é muito diferente e é muito específica para o meu biótipo também. Preciso comer a cada 3 horas e nas refeições principais preciso comer bastante, principalmente proteínas. Eu cuido muito da minha alimentação durante a semana toda, como muita salada, carboidratos integrais, não tomo refrigerante nem suco industrializado, não coloco açúcar em nada que vou beber e claro não como doces – até porque doce sem lactose é só quando eu faço! 🙂

As receitas que publico aqui são exceções à minha rotina, porque não adianta, sempre aparece aquela vontade de comer um doce, uma torta, um sorvete! E sou da opinião que se você tá com vontade melhor ir e fazer, sou contra produtos industrializados, é muito sódio, muita gordura ruim, muito açúcar e muitos conservantes!!!!

Por isso que faço academia 5x por semana, pra poder fazer minhas receitas e dividir com vocês!!!!

Entendem que tudo é equilíbrio né?

Mas para o equilíbrio do blog começarei a postar algumas receitas mais lights também, o que acham? Prometo que elas vão ser gostosas! ahaha

Bom, é isso! Sei que um post assim me expõe bastante, mas espero que sirva de inspiração para você que ainda está triste porque é IL 😉

Um beijo

flaviamachioni_bannerwebtodasapostilas02

Sobre o Autor

Flavia Machioni

Flavia Machioni

Eu sou a Flavia, autora do Lactose Não. Sou especialista em cozinha natural, Health Coach formada pelo IIN/NY e Relações Públicas de formação. Faz 7 anos que venho mudando meu estilo de vida para ter mais saúde e bem estar e divido grande parte desse caminho aqui e em minhas redes sociais.

48 comentários em “O que a intolerância à lactose me trouxe de bom!

  • 11 de julho de 2018 at 8:39

    Ola Flavia,
    Estive a ler os seu posts e queria dar-lhe os parabéns… tem conteúdo muito bom, engraçado, informativo e muito bem escrito e cuidado.
    Obrigado pela informação, pelo trabalho e parabéns e sucesso para você 😉
    Um abraço de Portugal.

    Reply
    • 11 de julho de 2018 at 12:29

      Oii Fernando!
      Muito obrigada pelo carinho.
      Adoro seu país. Um abraço!!!

  • 6 de dezembro de 2017 at 19:19
    Karina Benicio de Freitas

    Boa noite .. Descobri faz 2 anos que sou intolerânte . Mas engordei 10kg.. Antes disso era magra comi as de tudo . . O que eu faço??

    Reply
    • 18 de dezembro de 2017 at 15:29

      Oi Karina!
      Procure um bom nutricionista para acompanhar seu caso.

  • 1 de agosto de 2017 at 17:55

    Boa tarde, Estou com sintomas, mais parece que engordei isso sim, é possível não nascer com IL, e sim adquirir com o tempo?

    Reply
  • 7 de março de 2017 at 23:11
    Beatriz

    Oi meu filho faz digo faz pq continua sangrando fezes com sangue msm depois que eliminei os produtos com leite e derivados fiz exame de Itolerante a lactose do meu filho de 4 anos é deu q ele é Itolerante a lactose. Pois bem diz q sangue nas fezes e alergia ao leite fiz tbm é deu negativo. Então msm depois de ter tirado os produtos lactose ele continua sangrando bem menos mais continua qnto tempo isso leva pra parar já faz uns 2 mês que ele tá nessa dieta e tá mto complicado pq ele não gosta desses novos sabores de alimentos. Outra dúvida posso dá aqles produtos q dizem zero lactose são confiáveis?

    Reply
  • 27 de janeiro de 2016 at 16:14
    Andreia

    Amei esse post, a IL foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida também, era algo que eu buscava pra minha vida, mas não tinha força o suficiente, quando descobri foi como se algo maior falasse não é por opção, vc vai ter que tirar e uma coisa foi levando a outra. Hoje sou muito mais feliz com minhas escolhas, com meu corpo, com minha saúde. Se alguém me perguntar o que a intolerância trouxe pra mim vou mostrar seu post. Parabéns!

    Reply
  • 21 de janeiro de 2016 at 16:03
    Joana

    Olá! Tenho IL há uns 3 anos, e desde então emagreci 6 kg, o que é horrível pra mim porque já sou muito magra. Estou com 44kg hoje, e DETESTO ser magra! Não consigo engordar! Será que existe algum suplemento sem lactose?

    Reply
    • 12 de outubro de 2016 at 20:19
      bruno

      boa note

      gente a a pior faze da minha vida nao pelo fato de tirar os alimento mas sim pelo meu emagrecimento me sinto fraco e estou desistindo da vida na consigo engordar tenho mal estar e dores tem 1 mes que estou na dieta tive poucas melhoras e so emagreço estou desistindo da vida de verdade

  • 8 de janeiro de 2016 at 17:16
    Gessia

    Olá descobri recentemente que tenho intolerância a lactose, pra mim foi horrível, pois amo tudo que tem leite. Estou muito triste com isso, ainda estou tentando me adaptar, mas e difícil.

    Reply
  • 6 de janeiro de 2016 at 7:46
    Ana Lucia Costa

    Bom dia eu tirei a minha vesicula ja faz 4 anos e depois disso fiquei com intolerancia a lactose. Eu queria saber se frituras tem intolerancia a lactose como pastel e coxinha? A minha barriga incha e fico angustiada e a linguica tambem faz mal comer? Me responda e urgente!

    Reply
    • 6 de janeiro de 2016 at 18:49

      Oi Ana!
      Farinhas não tem lactose, a lactose está presente em leite e derivados de leite de origem animal.
      Algumas linguiças levam leite na composição sim, verifique a embalagem.
      Você pode estar passando mal com pastel e coxinha por serem comidas gordurosas, pesadas e sem nutrientes.
      bjs!

  • 27 de abril de 2015 at 22:11
    Liliane

    Olá Flávia!!!
    Estou conhecendo o seu blog hoje por indicação de uma colega de trabalho que é celíaca.
    Costumamos trocar receitas e discutir sobre alimentação.
    Mas, na maioria das vezes, ela come o que eu não posso e vice-versa.
    Queria deixar registrado que eu passei pela adaptação à dieta de restrição de lactose há alguns anos.
    Desde 2009/2010 venho retirando a lactose aos poucos. Mas foi em 2012 que eu resolvi criar “vergonha na cara”. Procurei uma nutróloga que me ensinou que eu devia retirar a lactose da minha vida de vez; que, se eu fosse depender de lactase para sobreviver, seria para sempre e, talvez, ela poderia parar de fazer o efeito necessário.
    Mas o motivo do meu comentário é dizer que realmente o hábito de alimentar melhor faz MUITA diferença.
    Como você, emagreci MUITO!!! Passei de, entorno, 70kg para 58Kg. De manequim 44 para 38.
    Todo o processo foi lento, mas eu ganhei em qualidade de vida.
    Tinha muita crise de enxaqueca, vômito, diarreias. Hoje não sei o que é uma dor de cabeça, ou passar o dia no banheiro.
    Queria dar um apoio para quem está descobrindo a intolerância agora, assim como você, e dizer que, hoje em dia, o acesso aos produtos “nolac” e derivados de soja está muito fácil, e que a adaptação à dieta pode ser feita sem sofrimento.
    Boa sorte na caminhada!!!

    Reply
    • 12 de outubro de 2016 at 20:14
      bruno

      boa noite

      por favor me ajude estou desesperado tenho IL e frutose estou na dieta tem 1 mês e estou vendo poucos resultados minha diarreia parou minhas dores melhorou mas sinto ainda to emagrecendo e tenha mal estar o dia todo o que estou fazendo de errado e demorado a melhora

  • 20 de junho de 2014 at 13:33
    Fer Francischinelli

    Oi Flavia! Descobri a mais de 5 meses minha intolerância, mas vou te dizer, ainda ta dificil! Toda vez que eu vejo um queijo gorgonzola na frente, me da vontade de chorar! hahahaha
    Tirar o leite foi bem fácil (eu nunca bebi e foi assim que descobri a intolerância, fazendo a ligação de que quando eu bebi, passava mal), mas algumas coisas são difíceis de serem substituídas. Ouvi dizer que depois de anos sem a ingestão da lactose, pode haver cura. Já ouviu falar disso? Beijos.

    Reply
  • 27 de fevereiro de 2014 at 0:23
    bianca

    Descobri que sou IL semana passada lii seu post sobre sua descoberta e me vi ali, tenho 40 anos e a 1 ano nao tomava mas leite puro, mas ingeria os derivados e sempre passava mal , ja estava ate acostumada , ate ir a outro gastro e ele suspeitar de intolerancia a lactose e deu bem alto meu resultado, tirei tudo com leite da alimentacao estou me sentindo melhor , mas tudo que come e bebo acabo arrotando é normal? Ou é questao de adaptacao?

    Reply
    • 27 de fevereiro de 2014 at 8:17

      Oii Bianca!
      Normalmente arroto é sintoma de refluxo. Conversou com seu gastro sobre?
      um beijo.

  • 8 de outubro de 2013 at 22:57

    oi flavia, descobri minha IL ano passado, e ainda nao me acostumei mt bem a essa rotina de comer coisas sem lactose.. sempre fui preguiçosa e adoro comer besteiras, principalmente doces. mas a 1 mes e meio comecei academia, e to cuidando minha alimentação, to me sentindo muito melhor, o inchaço no abdomem diminuiu muito, e as dores então.. ta tudo otimo..
    se eu for tomar algum whey, devo tomar o whey Isolado e Hidrolisado ? tenho 16 anos, e to querendo começar a tomar

    Reply
    • 9 de outubro de 2013 at 10:26

      Oii Letícia!!
      Que bom que está se sentindo melhor 🙂
      Em relação à Whey Protein, sim para nós intolerantes à lactose o indicado são as proteínas isoladas, mas eu se fosse você consultaria um nutricionista para ver como tomar, em que situações, etc.
      Eu pelo menos fiz isso antes de iniciar o consumo, já que varia de pessoa para pessoa pelos objetivos e até pelo nosso organismo ne?
      Um beijo!!!

  • 17 de setembro de 2013 at 16:19

    ATENÇÃO INTOLERANTES A LACTOSE… ESTOU TENTANDO AGILIZAR A APROVAÇÃO DO PROJETO “CONTÉM LACTOSE” NA CAMARA DE DEPUTADOS. POR ISSO ABRI UM “ABAIXO-ASSINADO” PEDINDO AOS DEPUTADOS RESPONSÁVEIS MAIS AGILIDADE… ESTAMOS A 10 ANOS AGUARDANDO ESTE PROJETO.

    AJUDE-NOS A DIVULGAR E ASSINE!

    https://www.change.org/pt-BR/peti%C3%A7%C3%B5es/sandro-mabel-dep-arnaldo-faria-de-s%C3%A1-cdc-cssf-e-cdeic-aprovem-o-projeto-de-lei-pl-2663-2003-lei-da-lactose-2

    Reply
  • 2 de agosto de 2013 at 16:09

    Oie!

    Você conseguiu me descrever:
    Não gosto de exercicio
    Só como massa e doces
    Amo queijo e me sinto triste =(
    Sempre gostei do meu corpo, então vo comer porque nao engordo kkkk

    Tamo ai né… lendo e aprendendo. Parabens pelo blog!

    Meninas, conheçam a loja mais estilosa de roupas: http://www.PISAICO.com.br

    Reply
  • 12 de julho de 2013 at 12:00
    Elisete Soares

    Olá Flavia,
    Gostei muito do seu site, descobri a IL a um ano, também prefiro evitar porque sei que passo mal, perdi 3 quilos. Realmente tem gente que acha frescura e tem outros que ajudam como os meus colegas de trabalho, eles procuram produtos em supermercados pra mim, tudo que veem me falam.

    Reply
    • 19 de julho de 2013 at 14:43

      Oii Elisete!!

      Pois é, sempre tem os dois lados né?? ehehe

      Obrigada pela visita, um beijo.

  • 30 de junho de 2013 at 13:59
    Claudia Pereira

    Oi Flavia, tenho acompanhado seu site a uns 2 meses pois descobri que tenho a IL no final de abril/13. Claro que passei por uma fase deprê no inicio, porque ja fazia um controle razoável da alimentação devido a sofrer de enxaqueca, entao nada de queijos amarelos, nada de frios, evitar carne, evitar frituras e coisas muito gordurosas. Costumava comer bastante queijo br, requeijão, e ADORAVAAAA comer cremes (tipo creme de milho, risoto com creme de leite) Doce de Leite era minha opção pra não comer chocolate que ataca a enxaqueca tbm. Sendo assim fiquei bemmm deprimida. Mas como tem coisas piores na vida, li bastante, pesquisei, adorei seu site e outros blogs relacionados e consigo ser relativamente normal. Claro que facilita morar em SP, mas eu nunca comi tofu e nao me atrai nem um pouco… Sempre fui adepta de ler os ingredientes de tudo pois meu filho de 7 anos tem alergia a corantes e frutos do mar, só que ultimamente minha cabeça ta meio em ¨curto” , tem horas que nem sei se uma coisa pode ou nao pode! É dificil e nao tem jeito, ainda nao usei as capsulas de lactase que o medico indicou pra situações de festas ou semelhantes, e por enquanto ja identifiquei algumas coisas que parecem não ter lactose, mas me fizeram super mal. Queria agradecer pela sua iniciativa e as receitas que eu testar e der certo vou indicar. Beijinhos e obrigado novamente!!!

    Reply
    • 30 de junho de 2013 at 19:24

      Oi Claudia!!
      Nem fale em “curto” na cabeça, os fabricantes poderiam nos ajudar né? Isso sem contar os restaurantes!!! hehehe
      Viu o post de sexta-feira? Listei alguns ingredientes que têm lactose e os que não têm.
      Eu também adorava cremes e doce de leite!!! Mas sabe que hoje em dia nem sinto mais falta?
      Vou adorar ver suas receitas, quando fizer venha compartilhar!!!!
      Um beijo

  • 16 de maio de 2013 at 16:05
    Mari

    Flá, muito legal vc. ter levantado essa bola, de ver o lado bom, porque há males que vêm para o bem, não é mesmo? Parabéns pelo corpão! Com certeza, no começo foi um sofrimento para mim, mas graças a informação que busquei, também com ajuda de seu blog, e adaptação a nova realidade, consegui me sentir bem com a minha restrição alimentar. Também passei a frequentar academia, e a abominar (ainda mais) alimentos industriais, lotados de sódio, conservantes e coisas nocivas à saúde. Que coisa né, parece que uma coisa puxa a outra para que possamos nos sentir melhores. Beijos, querida!

    Reply
    • 17 de maio de 2013 at 10:05

      Mariii você tava sumida!!! Que bom que reapareceu hehehehe
      Obrigada pelo carinho sempre!
      um beijo!

  • 2 de maio de 2013 at 21:57
    Maria Fernanda Lima

    To muito orgulhosa de voce…
    assim como disse o Helio, nao vejo nada de errado com nenhuma das tres fotos, sempre achei voce linda em qualquer situacao, mas convivendo com voce eu vi a mudanca acontecendo (e confesso que eu deveria ter deixado sua mudanca me atingir) e vi sua qualidade de vida aumentando!
    Voce e uma inspiracao pra muita gente, inclusive pra mim
    Parabens Fla,
    Prometo fazer uma das receitas saudaveis que voce postar (tiro foto de eu comendo ela pra comprovar)

    Reply
  • 2 de maio de 2013 at 20:33
    Cristina

    Olá Flávia, tenho acompanhado seu blog e ele tem me ajudado a lidar com a IL, descobri há uns 4 meses, e no incio fiquei muito triste pois assim como muitos minha alimentação era pautada no leite e em seus derivados, tomava iogurte e leite e comia queijo diariamente, abdicar de tudo isso foi dificil, não me adaptei ao leite de soja, ainda bem que encontrei um leite piracanjuba zero lactose, abandonei o iogurte e o queijo, sinto muita falta, mas estou sobrevivendo, suas dicas tem sido uma grande ajuda e seu último post foi um estimulo e tanto, uma dose de auto estima, acredito que devemos sempre procurar o lado bom de tudo que nos acontece e com a IL deixei muita coisa de lado, mas estou aprendendo muita coisa sobre alimentação e acredito que minha alimentação está melhorando aos poucos.
    Obrigada pelas dicas e pelo incentivo. Parabéns pelo blog.

    Reply
    • 3 de maio de 2013 at 10:09

      Oii Cristina!! Fico feliz que o blog tenha te ajudado um pouquinho 🙂
      Você ja viu o Iogurte da Verde Campo, o Lacfree?? Ele é de leite de vaca e não tem nadinha de lactose. Tem de morango, ameixa e natural, todos são super gostosos, e eu encontro aqui em Curitiba por uns 4, 5 reais o potinho com 500ml.
      Eu fiz uma resenha dele no blog, dá uma olhadinha depois e ve se encontra em algum lugar perto da onde vc mora! Quem sabe você não fica mais animada ainda? heheheh Pelo menos é uma opção que não é de soja né?
      Um beijo e obrigada pelo carinho!

  • 2 de maio de 2013 at 19:11
    Helio Nobrega Barbosa Junior

    Não vejo nada de errado em nenhuma das três fotos …

    Reply
    • 3 de maio de 2013 at 10:14

      Obrigada pela gentileza Helio 🙂

  • 2 de maio de 2013 at 18:30

    Olá.. eu descobri essa semana que sou intolerante, fui no ginecologista fazer um exame de rotina, e ao apalpar minha barriga a médica achou estranho, como ela tava distendida e pediu que eu fizesse um exame de intolerância. Eu achei meio sem nexo fazer o exame, sendo que nunca tive sintomas, e a barriga inchada pra mim era normal, pois estou acima do peso.. hehehe Mas fiz o exame só para desencargo de consciência, e deu positivo. No momento estou meio em crise com minha alimentação, pois praticamente TUDO que eu tenho em casa tem leite ou seus derivados. E eu sou louca por pizza e queijo e café com leite e biscoitos, e doces.. e agora tenho que cortar tudo. E o pior é que sou nutricionista, já indiquei dietas para intolerantes, mas me parecia tão fácil seguir.. e agora que sou eu vejo como é complicado. Fui ao mercado ver algumas coisinhas que substituíssem o que eu comia antes, mas é tudo MUITO caro, um pedacinho de tofu é mais de 20 reais, um achocolatado em pó sem lactose 20 e poucos, uma vitamina de frutas em pó de soja quase 30 reais. Até pão é meio complicado comprar sem lactose. Mas vendo este post até me animei um pouquinho, mas bem pouquinho, quem sabe assim eu dê uma emagrecida na marra, que por enquanto não vejo nada positivo com isso.
    Beijinhos 😉

    Reply
    • 2 de maio de 2013 at 19:25

      Oi Fernanda!!!

      Calma, tá tudo muito recente! hehehe
      Acredita que com o passar do tempo fica mais fácil sim, e você vai ver que existem muitas outras opções de produtos sem lactose que não precisam ter soja e nem preços absurdos!
      Dê uma olhada aqui no blog tem várias dicas. Sabe que podemos comer vários queijos?
      Importante é não se desesperar e nem desanimar. Tenho certeza que quando você começar a se sentir melhor, sem sintomas, sem abdômen inchado, você vai se animando 🙂
      Um beijo!

    • 2 de maio de 2013 at 22:12

      Mas quais queijos podemos comer? Porque andei lendo que alguns tem menos lacotese, mais ainda contém, aqueles geralmente com fungos ou maturados por bacterias.. Pois então, ja anotei várias receitinhas do blog que parecem uma delicia.. estou louca pra testar.. Beijoss

    • 6 de maio de 2013 at 23:30
      Raquel Segatti

      Aiii então, eu tambem descobri a um pouco mais de um mês, e to com um serio problema, eu não sei ler as informações nutricionais das embalagens, nunca sei se uma bolacha, pão, tudo tem lactose ou não, pois não existe a informação clara ai né? Não sei como saber oque posso ou não comer, ai acabo comento algo errado e passo mal depois =/ Deveria ser obrigado ter se possui lactose ou não, assim como tem do glutem! hdaousha enquanto isso não vira lei, alguem pode me auxiliar nessa leitura? =D ehhehe beeijoos Obrigada!

    • 7 de maio de 2013 at 9:43

      Oiii Raquel!!
      Vamos ver se consigo te ajudar. Por lei os ingredientes nas embalagens têm que vir em ordem de concentração, ou seja, os primeiros listados são os que mais tem no produto. Sempre que tiver, leite em pó, soro do leite, leite desnatado, ou qualquer ingrediente assim, tem lactose. Se você só tem intolerância, produtos que tiverem só a proteína isolada do leite você pode consumir.
      Fiz um post um tempo atrás com algumas dúvidas comuns, vê se lá você acha mais alguma coisa interessante: https://www.lactosenao.com/dicas-sem-lactose/duvidas-mais-frequentas-intolerancia-a-lactose/
      Um beijo!

    • 7 de maio de 2013 at 22:21
      Raquel Segatti

      Obrigada Flaviaa =DD foi de muita valia! ehhe
      beeeijos!

    • 8 de maio de 2013 at 19:32
      Beatriz

      Fernanda,

      O Nescau não tem lactose. Contém traços de leite, então não é indicado para quem tem alergia à proteína do leite, mas para quem tem IL é tranquilo (pelo menos não tenho nenhum sintoma quando tomo).
      Tem outros produtos aqui:http://www.semlactose.com/index.php/produtos-sem-lactose/

      Abraço,
      Beatriz

  • 2 de maio de 2013 at 16:19

    Flávia, não devia se envergonhar das fotos, você é uma jovem muito bonita! E esta melhor ainda em 2012. Seus post me ajudam bastante. E no meu caso é fácil observar como a barriga fica inchada. Descobri ano passado e não entendia porque vivia de barriga inchada. Até mesmo um ponto específico no meu abdomen inflamou e nunca mais quis desinflamar. Fiz vários exames de fígado, abdomen total, até resonância magnética, ate chegar num simples exame de sangue que constatou a intolerância. Nos primeiros meses que segui a dieta bem direitinho foi excelente. Mas no fim do ano passado cai na tentação e tive 16 dias de diarréia terrível! Mas depois voltei ao normal. Tem grande dificuldade de controlar. Uso o leite, a margarina, sempre, mas de vez em sempre tem umas tentaçòes na minha frente e não resisto. Sigo persistindo, pois vejo o bem que faz ao meu abdomem! Obrigada pelo seu blog e suas dicas!!

    Reply
    • 3 de maio de 2013 at 10:23

      Adriana obrigada!!!
      Caramba 16 dias é muita coisa! Mas é isso aí, tem que persistir, não podemos desanimar 🙂
      um beijo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *