A Lactose e Eu – Jeane da Silva e o Kitutes Sem Lactose

Oiii gente!!

Mais um A Lactose e Eu no ar! A leitora Jeane da Silva conta um pouquinho da história dela e sobre como resolveu criar um blog para dividir suas receitas 🙂

Quem quiser participar já sabe né? Só me mandar e-mail no [email protected]

“Sou Jeane da Silva, 25 anos, Joinvillense e designer. Sempe fui boa de garfo, nunca tive frescura com comida, pouquíssimos alimentos os quais não gosto.

Há 4 anos atrás, comecei a sentir dores de estomago, cólica, nauseas, dores de cabeça, intestino preso e põe preso nisso!

Possuía uma rotina cansativa e sobrecarregada no trabalho e as dores cada dia pioravam. Passava no hospital, pegava um atestado médico e ia pra casa, tomava buscopan, chá de boldo, chá de espinheira Santa, compressa quente, suco de couve em jejum e nada de melhorar.

Uma das últimas vezes em que fui ao pronto socorro, cheguei chorando muito por já não aguentar mais tudo aquilo, o médico diagnósticou como “Depressão” e receitou um remédio tarja preta.

Não comprei o remédio obvio, não era depressão, fui pra casa tomei um copo de leite e fui dormir. Porque segundo minha Vó, é bom tomar um leitinho antes de dormir, costuma relaxar ou não!

Marquei uma consulta com um gastroenterologista, ele pediu os exames de endoscopia, intolerância à lactose, glúten e possíveis alergias…

Até receber os resultados resolvi cortar o glúten, leite e alimentos gordurosos, por conta própria e porque percebi que sentia melhoras. Ainda assim, por falta de conhecimento comia algo que fazia mal e cheguei a perder 6kg.

Os resultados identificaram que havia uma gastrite e intolerância a lactose com 89% de rejeição.

Comecei a realizar o tratamento para gastrite e seguir uma dieta sem leite conforme recomendação  médica. Não foi fácil aprender a lidar com a intolerancia e identificar os alimentos sem lactose.

Fiquei super animada com a melhora, comecei a participar de uma equipe de corrida e a passar mais tempo na cozinha. Criei muito gosto pelas panelas e comecei a descobrir novas possibilidades e sabores.

Muitos de meu amigos intolerantes e não intolerantes começaram a pedir as receitas e desta necessidade nasceu o Kitutes Sem Lactose um blog onde publico as receitas, afim de contribuir com o paladar dos intolerantes.

Kitutessemlactose

De lá para cá, não tenho consumido mais nada que contenha lactose, pois  mesmo com as enzimas tenho fortes reações. Algumas pessoas acham que é frescura, “ah come só um pedacinho que não faz mal”, mas só quem passa por isso sabe o quanto é ruim e que não vale a pena Jacar.  O corpo leva dias até se desentoxicar. Hoje me sinto muito feliz e satisfeita com os resultados!

Parabéns Flavia pelo trabalho e dedicação, que a cada dia vem contribuindo com informações importantes para nós intolerantes e ajudando da melhor forma possível.

Obrigada pela oportunidade.

Abraços,

Jeane da Silva.”

Gostaram do depoimento da Jeane?
Acompanhe o Lactose Não nas redes sociais também, e fique por dentro de tudo 😉 Youtube, Facebook, Instagram e no Snapchat procure por lactosenao.

Sobre o Autor

Flavia Machioni

Flavia Machioni

Eu sou a Flavia, autora do Lactose Não. Sou especialista em cozinha natural, Health Coach formada pelo IIN/NY e Relações Públicas pela UFPR. Há mais de 7 anos venho mudando meu estilo de vida e alimentação para ter mais saúde e bem estar. Divido grande parte desse caminho aqui e em minhas redes sociais.

5 comentários em “A Lactose e Eu – Jeane da Silva e o Kitutes Sem Lactose

  • 1 de julho de 2014 at 15:39
    Ana Garcia

    Adorei todas as dicas, é bom saber que existem pessoas que podem ajudar quem tem intolerância ter uma vida melhor.

    Reply
  • 21 de abril de 2014 at 17:48
    Micheline

    Muito bom o depoimento de Jeane. Quando ela fala que alguns acham que é frescura, diz a mais pura verdade. Tenho passado por isso e tem sido bastante difícil, principalmente com meu marido, que come de tudo e não cansa de me oferecer alimentos que tem lactose. Estou ficando bastante rígida com relação a alimentação e tenho procurado ignorar a opinião dos outros, pois quem tem sofrido sou eu.

    Reply
  • 16 de abril de 2014 at 18:39
    Juliana

    Olá Jeane e Flavia,
    Vi no post que vc, Jeane, não tinha dor de barriga.. achei que esse era um sintoma clássico da intolerância à lactose.. Não é??
    Eu fiz o exame de sangue pra ver se era intolerante mas a médica disse que eu não era.. mas eu fiquei meio em dúvida porque o exame deu tipo assim (vou inventar os valores pq não lembro de cabeça): de 13 a 17 seria normal e o meu deu tipo 17,2…
    Eu sempre tenho dores de estômago, fico hora com o intestino preso, hora solto demais, e também tenho muito inchaço e gases.. 🙁 Já comecei o teste de ficar sem glúten e lactose por 30 dias, mas não consegui fazer direito e, por isso, até agora não sei qual é meu vilão (tenho o DQ8, mas segundo a endoscopia, não sou celíaca.. o que não elimina a possibilidade de eu ser sensível ao glúten, né!?).
    Descobri o blog ontem e desde então coloquei na cabeça que vou procurar uma nutri de novo e vou fazer o teste/tratamento certinho pois não aguento mais ficar mal todo dia e o dia todo..
    Obrigada meninas pela iniciativa e pela leveza com que levam a vida com restrição alimentar!

    Bjss!

    Reply
    • 9 de julho de 2014 at 13:15

      Oi Juliana, estava passeando aqui no blog da Flavia e agora vi seu recado. No começo quando dava uma jacada daquelas, ficava com o intestino solto de mais por um dia e logo prendia tudo por uma semana. Mas em cada pessoa podem ocorrer sintomas diferenciados, vai do organismo de cada pessoa. Agora quanto ao gluten eu fiz os exames e até o momento não tive problemas com ele. Seria interessante você procurar uma nutricionista ou um Gastroendologista para fazer um exame de possíveis alergias. Tomara que descubra logo!!! abraços.

  • 16 de abril de 2014 at 12:44
    Mari

    Adorei, muitas receitas gostosas também no blog dos Kitutes. Parabéns!

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *