Dicas sem lactose em Belém do Pará – Luiza Martinelli

Oii gente!!!

Em dezembro eu recebi um e-mail MUITO legal com dicas sem lactose em Belém do Pará da leitora Luiza Martinelli. A princípio as dicas deveriam ir apenas pro Atlas Lactose Não, mas a Luiza escreveu com tanto carinho e com tantos detalhes que eu pedi permissão de publicar ele na íntegra aqui para vocês.

Eu fiquei morrendo de vontade de visitar a cidade e conhecer todos os pratos típicos e lugares que a Luiza recomendou.

Se você também tem dicas na sua cidade ou em alguma outra que visitou não esqueça de colaborar no nosso Atlas, só me mandar um email no [email protected] 🙂

Abaixo o e-mail da Luiza:

“Olá Flavia, tdo bem? Meu nome é Luiza e sou de Belém do Pará e tenho intolerância a lactose no grau máximo rsrsr , e há algum tempo acompanho o seu lactose não e adoro!

Vc tem sempre ótimas dicas,obrigada! Já tinha um tempinho que gostaria de ajudar na elaboração do atlas, que é uma excelente idéia, mas no último semestre da faculdade nunca dava tempo, mas finalmente me formei.

Então, aqui em Belém era bem difícil encontrar produtos para nosso problema, a minha sorte é que minha família é mineira então sempre comprava vários produtos em BH e trazia p me abastecer. Mas de uns tempos para cá as coisas melhoraram muito, e em alguns locais já é possível encontrar produtos legais.

Pra quem vem visitar Belém não pode deixar de ir no mercado Ver-o-peso (que é a maior feira livre da América latina), pq graças a Deus nossa intolerância não nos impede de comer frutas, e aqui na Amazônia as opções são excelentes, não sei se vc conhece, como o cupuaçu, taperebá, bacuri , dentre outras, que são frutas bem características da nossa região, e que dão sucos maravilhosos!

imagem: Google 

O açaí é claro é uma excelente opção sempre, rsrs, aqui nós não tomamos ralo, como o suco que no sudeste vendem, comemos em uma consistência mais grossa, como uma papa, de duas formas: a primeira com açúcar e farinha de tapioca (uma delícia, e muito nutritivo! o problema é tomar pouco pq é quase impossível rsrs) e muitos paraenses utilizam o açaí como refeição mesmo, sem açúcar, comendo com camarão seco, com carne de sol, ou peixe pirarucu (as populações tradicionais, que moram na beira do rio, por exemplo, tem como principal alimentação). Tem um música famosa aqui que fala: ” Chegou no Pará, parou, tomou açaí ficou!” minha família é a prova disso rsrs (sou filha de mineiro com uma capixaba).

Tem uma rede de farmácias bem grande aqui chamada Big Ben (tem de tudo, nem parece farmácia). Nas farmácias maiores da rede tem um espaço chamado amigo do alérgico onde é possível encontrar vários produtos sem lactose, sem glúten ou quem tem diabetes. Lá eu compro chocolates, pães, massas, leites, e da última vez vi p comprar o digelac, a enzima. É uma boa opção.

Tem uma rede de sorveteria chamada de Ice Bode, nela tem sorvete sem lactose, mas assim, como a procura não é mto grande eles geralmente fazem um sabor só e quando acaba fazem outro, o que eu já fiz foi encomendar o sabor que eu queria (só que tem que ser um pote bemmm grande, e meio caro hahha), já provei o de chocolate, tapioca (uma delícia!), morango e castanha do Pará (que achei o mais gostoso).

Nos supermercados em geral é possível encontrar produtos como iogurte, chocolate e leites sem lactose, mas sem grandes opções.

A melhor dica que posso dar acho é a do restaurante Grão Culinária Saudável, que inaugurou tem uma duas semanas aqui em Belém. Nele tudo é sem glúten e sem lactose!! Eles falam que é o primeiro restaurante totalmente funcional do Brasil. Eu já fui lá, o lugar é uma gracinha super agradável, e tem opções de lanche, almoço e jantar. Comi um brigadeiro de grão de bico muito gostoso além de um crepe de camarão, coloquei a foto, com jambu (super característico daqui) uma delícia, e um suco de açaí com abacaxi e acerola maravilhoso. Tem o instagram dele : @graoculinariasaudavel , vale a pena ir lá, chefs de culinária funcional de são paulo que fizeram o cardápio.


Pelo o que eu pude perceber vc gosta muito de cozinhar, então como sugestão vc não pode deixar de conhecer Belém um dia, a culinária paraense é fantástica, com sabores exóticos e únicos, como o pato no tucupi, a maniçoba, o cupuaçu, castanhas, e bombos variados. Uma época legal, é em outubro que acontece o Círio de Nazaré, o povo paraense é extremamente devoto de nossa Senhora de Nazaré, e fazem uma procissão incrível, e que vale a pena assistir, sendo católico ou não.

Então pensando em vir aqui um dia me avise, que com o maior prazer te apresento minha cidade!
Bom, é o que eu tenho de dicas, espero que ajude!
bjs,
Luiza Martinelli”

Eu não sei vocês, mas morri de vontade de comprar minha passagem HOJE!! 🙂

Muito obrigada Luiza!

um beijo a todos

Sobre o Autor

Flavia Machioni

Flavia Machioni

Eu sou a Flavia, autora do Lactose Não. Sou especialista em cozinha natural, Health Coach formada pelo IIN/NY e Relações Públicas de formação. Faz 7 anos que venho mudando meu estilo de vida para ter mais saúde e bem estar e divido grande parte desse caminho aqui e em minhas redes sociais.

1 comment on “Dicas sem lactose em Belém do Pará – Luiza Martinelli

  • 5 de fevereiro de 2014 at 15:23

    Me ajudem preciso encontrar fornecedor para BH de farinha de tapioca e açaí. Estou abrindo uma loja.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *