A Lactose e Eu – Paula Vacca

Oii gente!! Hoje vim inaugurar uma nova área aqui no blog: A Lactose e Eu.

Eu sempre recebo vários emails com histórias, receitas, dicas e agora abri uma categoria aqui para que todos possam colaborar. Seja com relatos de o que a intolerância à lactose te trouxe de bom, receitas que você achou e testou, episódios que passou, enfim, tudo o que for relacionado à intolerância à lactose será muito bem vindo aqui!!!

Para inaugurar eu convidei algumas leitoras que sempre mandam e-mails e comentam nas postagens para contar como é a vida de intolerante! A primeira que topou participair foi a Paula Vacca, e aqui está a história dela:

“Olá meu nome é Paula, descobri minha IL em Março de 2013, a maioria quando descobre acha a pior coisa do mundo e comigo não foi diferente rsrsrs, porém pensando bem foi mais um alívio.

Eu nasci com IL em 1977, quando pouco se sabia dela.

Engraçado que eu quando pequena com 4, 5 anos não gostava de tomar leite como as outras crianças e era “forçada”, claro que mais convencida que forçada.

Sempre estava gripada, com garganta inflamada etc e nunca era associado ao leite, até teve um médico que queria tirar as minhas amígdalas rsrsrs.

Desde muito pequena tinha cólicas e o intestino solto, faziam exames e não tinha nada anormal (na época), um médico tirou vários tipos de alimentos “que soltam o intestino, ou que dão gases”, para melhorar o quadro. Melhorou embora não resolvesse, mas fui levando a vida, sem comer: feijão, mamão, abacate, batata doce etc.

Sempre fui magrinha quando criança, porém com o tempo e a ingestão de muitos alimentos com lactose, principalmente chocolate e besteiras demais engordei muito.

Então algum tempo depois saindo de uma depressão procurei um Endocrinologista que me deu fibras e probióticos então consegui emagrecer um pouco, mas o desconforto era terrível. Pois junto tinha mais uma dieta com Leite, queijo branco, iogurte etc. Quase morri…….e larguei tudo.

Em 2010 conheci o meu marido, amor a primeira vista, então em 2011 me casei e gostaríamos de ter um filho, porém acima do peso não dava, precisava emagrecer e voltei para os médicos.

Só encontrei a minha médica querida Dra. Sueli, em 2013, que na primeira conversa já disse deve ser Intolerância a Lactose, mas vamos fazer alguns exames, saí de lá com uma lista.

No mês seguinte o diagnóstico e achei que seria o fim do mundo, ela não me deu tanta informação, mas me disse para tirar a lactose (leite) mal eu sabia que quase tudo tem leite rsrsrss.

Algum tempo depois encontrei o Lactose Não, meu refúgio, meu guia, minha salvação!!!

Além da informação sobre a “TERRÍVEL LACTOSE”, o que era como funcionava e etc., apareceram as receitas, uma melhor que a outra.

Sempre gostei de cozinhar mas tinha preguiça, e a maioria das receitas acabavam me fazendo mal, mas resolvi tentar e comecei a fazer sucesso hehehe!

Bolo de Maçã

Bolo de milho

 

Com incentivo da Flávia também comecei a ter uma alimentação mais correta, comer mais frutas, legumes e verduras, ainda não sou tão radical e tão focada, mais em 2014 já consegui não comer mais chocolate, e fast-food, e já me orgulho dos meus pratos rsrsrs. Hoje como até jiló (no forno) uma delícia!!!

A família começou a aprovar as receitas e a minha saúde e a do marido melhoraram muito, em menos de um ano se foram 10Kg e um ganho enorme de saúde, ainda estou gordinha mas me sinto muito bem e mais alguns meses já vai dar para tentar o bebê.

Ainda não sou tão disciplinada quanto a Flávia meu exemplo rsrsrs, mas ainda chego lá!!!

Mas as minhas compras (escolhas) já mudaram bastante, né?

Bom a diferença nos exames de sangue foram enormes mas acho que a maior diferença está na cara.

Este ano vou colaborar ainda mais com o blog para que todos tenhamos muito mais SAÚDE!”

 

Paula, muito obrigada por participar!!

Um beijo a todos, espero a participação de vocês hein?! 🙂

Acompanhe o Lactose Não nas redes sociais também, e fique por dentro de tudo! Youtube, Facebook, Instagram e no Snapchat procure por lactosenao.

flaviamachioni_bannerwebtodasapostilas02

 

Sobre o Autor

Flavia Machioni

Flavia Machioni

Eu sou a Flavia, autora do Lactose Não. Sou especialista em cozinha natural, Health Coach formada pelo IIN/NY e Relações Públicas pela UFPR. Há mais de 7 anos venho mudando meu estilo de vida e alimentação para ter mais saúde e bem estar. Divido grande parte desse caminho aqui e em minhas redes sociais.

4 comentários em “A Lactose e Eu – Paula Vacca

  • 24 de janeiro de 2016 at 2:18
    Rose Martins

    Olá gostei mto das dicas e receitnhas, onde posso encontrar o queijo, pq n consigo me libertar do branco integral… Gostaria tb de saber se possui algum grupo de pessoas com intolerância a lactose, pq participo de um grupo, mas n é bem o meu problema e fico meio isolada, e gostaria de interagir com pessoas com o mesmo problema. Obg

    Reply
  • 17 de maio de 2014 at 0:20
    Claudia maria de mello

    É muito difícil perceber que voce está com algum problema de saude mesmo quando médicos não sabem o que se passa com vc. Sempre tive problemas intestinais, mas não sabia do q se tratava. No último ano tinha diarreias e cólicas abdominais terríveis, cheguei a pensar que tinha problemas mais graves do que os tenho. Já desmaiei no banheiro por colicas, já me senti obrigada a sair de certos ambientes por comer algo que logo depois me dava gazes ou diarreia e nenhum medico me falava com certeza do que se tratava,até que comecei a perceber que todas as vezes que eu comia uma pedaço de pizza, ou de lasanha me sentia mal. A principio achei que era o queijo, depois percebi a ração a lactose. Decidi por vontade própria a estudar todos os efeitos da intolerância a lactose e me abster desse produto. Não passei mais mal e o medico por sua vez achou que eu estava certa. Sou novata nesse assunto, mas esse blog me ajuda muito. Obrigado…………..Cláudia
    paraibuan SP

    Reply
  • 26 de fevereiro de 2014 at 10:23
    paula

    Amanda
    Esta compra da foto foi no Sonda e estava entre 20 e 30 mas depois comprei pelo site da Balkis, tem valor de compra minima dependendo da cidade.
    Valeu a pena o sabor é muito bom, e o marido come também. rsrsrs
    O site deles é
    http://www.lojabalkis.com.br/buscaprodutos.aspx?idcategoria=33
    Abr
    Paula

    Reply
  • 21 de fevereiro de 2014 at 15:47
    Amanda

    Achei para vender esse queijo na minha cidade por 50 reais. É esse valor mesmo na sua cidade ou estão explorando aqui?!

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *