Sopa de legumes fácil e deliciosa


Oii, amigos!!! Hoje vou mostrar como fazer uma sopa de legumes fácil e deliciosa.

Se me acompanha no Instagram, viu que estou um pouco doente e por esse motivo preparei essa sopa de legumes bem fácil de fazer e que ficou muito deliciosa.

Eu nunca fui muito fã de sopa, admito, mas hoje em dia dou muito valor a elas, principalmente pela facilidade e versatilidade do preparo.

Eu gosto bastante de sopas tipo cremes, sem pedaços e com textura mais aveludada, sabe? E essas são as mais fáceis de fazer.

Quando você tem em casa caldos caseiros congelados, fica ainda mais fácil. Se quiser aprender como faz, você pode comprar minha apostila Bases da Gastronomia Funcional, clicando aqui. Tem várias receitinhas imprescindíveis na cozinha funcional e que facilitam demais a vida.

Eu não tinha caldo caseiro congelado, então enquanto fazia minha sopa eu fiz um mini caldo e já cozinhei o restante dos ingredientes todos juntos. Como eu ia liquidificar, não fez diferença e não teve perda nenhuma.

Isso é outra coisa importante a se considerar, normalmente quando cozinhamos alimentos, parte de seus nutrientes são perdidos na água e no vapor do cozimento. Sopinhas, para terem o máximo dos nutrientes, devem aproveitar tudo, como essa que ensino aqui para vocês.

Se estiver ficando gripada ou com a imunidade baixa, acrescente um pedaço de alguma alga marinha, riquíssima em minerais e outros nutrientes importantes. Vai ser tipo levanta-defunto hihihihih

Essa eu ainda servi com cebolas caramelizadas, ficou uma delícia! Até o namos que não ama sopa, amou, comeu tudo! kkkkk

Nessa época do ano, além da sopa vir para esquentar as noites mais geladas, elas ainda têm um poder incrível de aumentar nossa imunidade, dependendo da escolha dos ingredientes, claro.

Salve esta receita e tenha uma refeição deliciosa, nutritiva e saudável em menos de 20 minutos.

Esta receita é (clique nos ícones para mais receitas de cada categoria):

Ingredientes:

  • 1 cenoura
  • 1 chuchu
  • 1 tomate
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • 1/2 maço de coentro ou salsinha
  • 1 pedaço de +- 2 cm de gengibre
  • Água até cobrir
  • 2 colheres de chá de sal marinho não refinado
  • Pimenta do reino à gosto
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva extravirgem

Instruções:

  1. Higienize bem os legumes.
  2. Descasque a cenoura, caso não seja orgânica, o chuchu, cebola e alho. O tomate não precisa.
  3. Corte em pedaços menores todos os legumes e coloque-os em uma panela alta.
  4. Acrescente os demais ingredientes, exceto o sal, azeite de oliva e pimenta.
  5. Cubra com água e ultrapasse +- 1 dedo. Quanto menos água, mais cremosa ficará.
  6. Deixe cozinhando, com a tampa fechada e fogo médio, até os legumes ficarem macios.
  7. Desligue.
  8. Com um mixer de mão, ou em um liquidificador, triture tudo até ficar bem cremoso.
  9. Adicione o sal, pimenta e azeite e acerte os temperos.
  10. Sirva em seguida.

4 comentários em “Sopa de legumes fácil e deliciosa

  • 26 de junho de 2017 at 20:24
    Hanna

    Oii querida!! Eu vi no insta e adorei a sopa… Também estou precisando. Estou dodói de remédios 😯
    Fiquei 3 dias internada no hospital por causa de um problema na endoscopia que fiz na quinta-feira. A pinça ficou no meu estômago, ai o medico achou melhor ficar em observação ate expelir. Nossa, comida de hospital é horrível… Fora a dificuldade de entenderem que você é intolerante a lactose. Hoje fiquei de cama com dor nos rins, efeitos colaterais dos medicamentos que me deram no hospital. Na casa da mamãe só quero sopa…. Hehehe
    Obrigada pela receita. Vou experimentar!! Beijooos! !

    Reply
  • 8 de julho de 2017 at 1:45
    Nelia

    Adorei a receita. Fácil e deliciosa. Acredito q eu possa td usar, pq além de intolerância a lactose tenho disbiose.

    Reply
  • 23 de julho de 2017 at 18:09
    Telma

    Oi td bem, descobri a 2 anos que sou IL e neste ano manifestou os sintomas da SII. Procuro ter uma alimentação balanceada para evitar agravar os sintomas , por isso suas receitas e orientações tem me ajudado bastante. Porque os médicos não nos orientam com clareza. Abras boa noite!

    Reply
  • 23 de setembro de 2017 at 18:25

    Tenho 73 anos e nunca tive ou soube que tinha problemas com qualquer alimento. Há cerca de um ano tive uma infecção intestinal muito violenta que me levou ao médico (gastro). Fiz uma tomografia computadorizada do abdome total com contraste e nada foi encontrado. Com alguns antibióticos fiquei boa. Alguns meses depois voltei a ter a mesma infecção, alguns dias depois de tomar um sorvete daqueles bem enfeitados com calda de chocolate e tudo que eu tinha direito, ou achava que tinha. Mais algumas doses de antibióticos e melhorei, mas meu intestino não parecia muito católico. As crises se sucederam e eu já estava temendo um câncer de intestino quando uma amiga me alertou que eu poderia ter intolerância ao glúten e me indicou um nutrólogo. Antes de procurar o nutrólogo, retirei o glúten da minha alimentação e a lactose por via das dúvidas. Logo comecei a me sentir melhor. Indo ao médico ele pediu alguns exames e quando fiz o exame de intolerância à lactose foi um estrago. O exame foi feito de manhã. Deu tempo de eu vir para casa apenas. Fiquei até meia noite no banheiro com muitas dores abdominais e diarréia. O exame da intolerância ao glúten, nada confirmou mas como eu já não estava usando-o na alimentação, acredito que não iria dar mesmo. O fato é que continuo tendo sintomas quando ingiro o glúten. Fiz o exame da colonoscopia e a endoscopia. Encontraram um pequeno pólipo no reto e muita gastrite. Segundo a médica que fez o exame, os achados não justificam os sintomas e a única coisa que ficou confirmada mesmo, foi a intolerância à lactose. Depois fiz um exame para detectar alergias alimentares e apareceu uma alergia (MÉDIA) ao leite de vaca e outra muito pequena ao milho. Assim como você, retirei da alimentação, o glúten, o leite e derivados, e a lactose. Uma vez ou outra ainda tenho um pouco de dor abdominal e diarreia. Isso é normal? Ou será que os rótulos dos alimentos podem conter o que eles dizer que não contém?

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *