Como usar enzima lactase

Oii queridos!!! Respondendo várias dúvidas de vocês, hoje venho falar sobre como usar a enzima lactase.

Lá no início do blog, em 2012, eu fiz este post aqui. Nestes quatro anos o mercado voltado aos intolerantes à lactose cresceu e evoluiu muito – uhul! – e hoje já temos opções de enzimas nacionais. Inclusive, chegou há pouco tempo no mercado a primeira enzima lactase nacional em comprimidos, o Paralac 🙂

Fiquei feliz quando eles me procuraram para divulgar a novidade e aproveitei a oportunidade para falar sobre algumas dúvidas que recebo semanalmente por aqui e em minhas redes sociais.

Quantidades ideais, melhor horário para tomar, se pode tomar todo dia, quanto tempo ela dura, se consumindo a enzima paramos de produzir naturalmente a lactase e se o nível de intolerância pode piorar, são algumas das dúvidas que vou falar neste post.

Se você me acompanha aqui com frequência deve saber que hoje sei que tenho alergia tardia à proteína do leite e portanto não consumo mais derivados lácteos, nem com a enzima. Mas, antes de descobrir, eu usei algumas vezes a enzima, por achar que eu era intolerante à lactose.

Tive dúvidas no começo e sei que muitos de vocês também têm, por isso, vim falar um pouquinho sobre como usar enzima lactase.

Vamos começar!

Qual a quantidade de enzima lactase que devo consumir antes de comer? 

Depende! Cada marca de enzima lactase tem uma concentração e é indicada para digerir uma quantidade específica de lactose. O Paralac, por exemplo,  tem 9.000 FCC, que é a quantidade para cada 50g de lactose.

A concentração de lactose varia de um alimento para outro, e existem diversos graus de intolerância à lactose, portanto não há uma fórmula universal para a quantidade de enzima.

Como sempre, conhecer seu organismo e o seu alimento ajuda bastante! Por isso, vá fazendo testes e vendo como seu corpo reage.

Por que às vezes a enzima funciona e às vezes não?

Têm alguns motivos para isso! Um deles é o que citei na pergunta acima: diferentes concentrações de lactose no alimento.

Outro motivo é a nossa saúde intestinal. Nosso intestino, que é onde absorvemos os nutrientes, é super responsável por nossa imunidade. Portanto, se seu intestino está mais fraquinho, é possível que você esteja mais sensível aos alimentos que não digere bem.

Nosso estado emocional e psicológico também afeta nossa digestão. Se está em momento de stress elevado, muito preocupado, triste, chateado, tudo isso reduz a imunidade, e por consequência, afeta nossa digestão. A Dra Giulia Enders explica esse mecanismo no livro “O Discreto Charme do Intestino”, que indiquei neste post aqui.

Posso tomar todo dia?

Essa é uma pergunta que você deve fazer ao médico/nutricionista que te acompanha. Já vi médicos que receitam a enzima diariamente, já vi alguns que aconselham utilizar esporadicamente.

Se tomar todo dia, vou parar de produzir a enzima em meu organismo?

Não há evidências que ao tomar a enzima lactase com frequência você para de produzir, mas em casos de intolerâncias alimentares é sempre bom diversificar a alimentação para fortalecer a microbiota intestinal 🙂

Meu grau de intolerância pode piorar se eu consumir a enzima com frequência?

Não necessariamente. O grau de intolerância pode aumentar ou diminuir por uma série de fatores. Quando falamos de intolerâncias alimentares é difícil isolar os fatores que fazem ela regredir ou progredir.

Como sempre comento e já falei aqui neste post, o importante é manter a saúde da microbiota intestinal e para isso a combinação de alimentação variada, fresca e natural + prática de exercícios físicos regulares + controle do stress é fundamental!

Quanto tempo a enzima fica ativa em meu organismo?

A ação da enzima é curta, portanto você deve tomá-la junto com o alimento que contém leite e derivados.

Como comentei acima, o Paralac é a primeira enzima em comprimidos, tipo aquela que todo mundo pede pros amigos que vão viajar pra fora, sabe? Agora não precisa mais kkkkkk. Ela é prática para ter na bolsa e garantir não passar apertos fora de casa.

Já está à venda nas principais farmácias e você pode conferir mais informações aqui no site deles.

Espero que tenha conseguido ajudar em algumas dúvidas, e caso tenha mais alguma, deixa aqui nos comentários que eu respondo 🙂

Beijinhos!

*Este é um artigo patrocinado

*As informações passadas neste artigo não substituem o acompanhamento e orientação médica e nutricional

Sobre o Autor

Flavia Machioni

Flavia Machioni

Oiii, eu sou a Flavia, autora do Lactose Não. Aqui, divido minhas invenções na cozinha, dicas de viagem, mostro meu estilo de vida e passo um pouquinho do que tenho aprendido desde que descobri ter alergias alimentares ao glúten e leite :)

13 comentários em “Como usar enzima lactase

  • 31 de março de 2017 at 10:06
    Viviane Knakiewicz

    Oi Flávia, quando tomo a enzima parece que os sintomas ficam piores do que quando não tomo. Conhece alguém assim? Acho tão estranho.
    Dá mesma acontece com os chamados produtos sem lactose, se eu consumir muito, passo mal.
    Sabe se existe intolerância à lactase propriamente dita?

    Reply
    • 31 de março de 2017 at 19:18
      Murilo

      Entao vc naotem intolerancia a lactose. Vc deve ser alergia a proteina do leite. Eu tenho intolerancia a lactose muito forte e os produtos zero lactose sao otimos. Consumo todo dia e nunca passei mal.

      Reply
    • 7 de abril de 2017 at 15:19
      Mariele

      Oi Viviane,
      Achei que era unica, só que no meu caso é somente a enzima que me faz mau os produtos sem lactose não me dão reação. Já testei 3 marcas de enzimas e todas me fazem passar muito mau, muito mais do que se eu comer algo com lactose, é umas das piores sensações que já tive, tenho muito vomito, nada para no estomago nem água, nenhum remédio ajuda, só na veia pra parar. Foram 4 vezes indo pro pronto socorro, então parei de tomar as enzimas. Minha medica nunca viu um caso parecido com o meu.

      Reply
  • 31 de março de 2017 at 13:22
    Gabriela

    Já uso Paralac, achei bom o resultado. Mas em algumas vezes passei mal mesmo com a enzima…

    Reply
  • 31 de março de 2017 at 14:36
    Luciana

    O lactosil tb tem em comprimidos.

    Reply
  • 31 de março de 2017 at 19:28
    Daniele

    Minha médica diz que não pode se tomar a enzima com frequência pois aumenta a glicemia…

    Reply
  • 31 de março de 2017 at 19:43

    Muito bom seu post, Flavia! Objetivo, honesto, profundo mas simples. Parabéns.

    Reply
  • 31 de março de 2017 at 20:45
    Débora Farias

    Flávia você já usou lacday? Também é em comprimido e custa metade do que a Paralac!

    Reply
  • 1 de abril de 2017 at 19:28
    Elisângela Borsato

    Flavia , uso há bastante tempo o Lactasil em pó e também já usei a enzima em comprimidos . A caixinha custa por volta de R$ 80,00 . Acho mais fácil usar a enzima a ter que comprar produtos com a enzima adicionada .

    Reply
    • 10 de maio de 2017 at 14:17
      VIVIAN GRAZIELLE DE RIZZO

      Oi Flávia eu também passo muito mal quando uso a enzima, já testei várias marcas e nada. Quando como queijos ou algo derivado de leite não sinto dor alguma ou inchaço algum apenas no outro dia tenho uma diarreia muito forte porém apenas na parte da manhã até uma 10:00. Agora se tomo a enzima não vou ao banheiro no outro dia porém tenho uma dor no estômago horrível e muiiito desconforto. Alguma dica??

      Reply
  • 3 de maio de 2017 at 20:54

    No meu caso tomei a enzima lactase (Perlatte) e imediatamente senti dor de cabeça enjoo e inchaço no estomago.
    como entender esta reação.
    Obs: sou intolerante a lactose e a mais de 01 ano sem consumila.

    Reply
  • 14 de junho de 2017 at 12:02
    Gabriel Inácio

    Eu consegui essa enzima, já vou testar ela mas quero saber quanto tempo devo tomar ela antes de comer alimentos com lactose ou se devo tomar na hora que for comer

    Reply
  • 5 de setembro de 2017 at 10:48

    Olá flavia minha filha tem intolerância a lactose o médico dela passou o lactase em capicula ela tem 2 anos e 10 meses e ela quando tomou n sentiu nada na hora mais no outro dia ela tava com dirreia e reclamou q a barriga estava doendo pq ela sentiu isso

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *