Cerveja tem lactose?

Olá pessoal! Umas semanas atrás recebi um e-mail de uma leitora do blog, a Mariana Reina, em que ela questionava se eu já tinha ouvido dizer que algumas cervejas têm lactose.

Confesso que fiquei meio surpresa, porque nunca havia ouvido falar sobre isso. De qualquer maneira comecei uma pesquisa para descobrir se isso realmente era verdade. Até porque já passei mal depois de beber cerveja, mas nunca imaginei que poderia ser pela lactose.

Numa primeira busca no Google eu não consegui descobrir muito, além de que dizem que alguns tipos de cerveja vão sim lactose. Já comecei a ficar preocupada!!!

Conversei com algumas pessoas e algumas me afirmaram com muita categoria que as cervejas brasileiras levavam lactose, dizendo que ao adicionar esse tipo de açúcar a fermentação acontecia mais rápida. Chegaram inclusive a me dizer que apenas as cervejas com o selo “Orgânico” não continham lactose.

Para tirar a história a limpo eu resolvi mandar um e-mail para a AmBev, que hoje em dia é uma das maiores fabricantes e distribuidoras da bebida aqui no Brasil. Para quem não sabe, Antarctica, Brahma, Bohemia, Budweiser, Stella Artois, Skol, e várias outras são deles.

Essa foi a resposta que obtive:

“Olá Flavia,

Agradecemos o seu contato.

Informamos que são quatro os elementos fundamentais para produzir cerveja: água, malte, lúpulo e fermento. Não há adição de lactose na fabricação do produto.

Mantenha sempre contato!

Atenciosamente,
Julio Antonioli
Serviço ao Consumidor Ambev
faleconosco@ambev.com.br
0800-725 0001″

Para ter mais uma opinião, mandei um e-mail para o Hop n’ Roll, um bar que produz cervejas artesanais aqui em Curitiba. Eles me responderam super rápidos, e foram muito simpáticos. Segue a resposta:

“Olá Flávia,

A lactose pode ser adicionada em algumas cervejas especiais, muito raramente. Algumas Porters e Stouts levam um pouco de lactose em suas receitas para dar um pouco mais de doçura e cremosidade no produto final. Aqui no Hop’n Roll nunca utilizamos lactose.

No Brasil poucas cervejarias utilizam. A Bodebrown, também de Curitiba, já utilizou em uma cerveja não comercializada.

www.bodebrown.com.br

Espero ter ajudado.

Vinicius Carpentieri

Cervejaria Hop’n Roll
www.hopnroll.com.br
Rua Mateus Leme, 950
80530-010, Curitiba-PR
Tel.: 41 34084486″

Resumo da história, alguns tipos de cerveja vão sim lactose.

Como saber qual vai?

Eu penso em duas alternativas: perguntar, ou memorizar o seguinte:

Pelo que percebi na minha pesquisa a cerveja mais popular aqui no Brasil, a pilsen, não tem adição de lactose. Já algumas cervejas escuras, mais adocicadas, podem ter em sua composição lactose sim, entre elas as do tipo stout.

Na verdade, não entendo muito de cervejas. Já provei algumas, e admito que sempre fico entre algum tipo de pilsen.

Então, se você, que nem eu, já passou mal depois de beber cerveja – talvez seja pelo álcool mesmo! hehehehehe

Um beijo queridos!

Flavia Machioni

Oi, eu sou a Flavia e criei o Lactose Não para dividir o que estou aprendendo depois de descobrir minha intolerância à lactose e minha recente sensibilidade ao glúten. Eu sempre adorei cozinhar e comer, e hoje em dia procuro receitas que além de não terem leite e glúten ainda sejam gostosas e mais saudáveis!!

Comentários via Facebook:


7 Comentários

  1. Mariana
    5 de dezembro de 2012

    Oi Flávia! Tudo bem? Muito obrigada pelas informações! Suas pesquisas foram bem amplas, parabéns! Tinha verificado que não há lactose mencionada na parte de ingredientes no rótulo da cerveja, mas tinha dúvida se no processo de fermentação, por algum motivo ela acabava sendo “criada” rsrs não sei como, também não entendo nada disso. Mas com esta matéria descartei essa possibilidade. Pensava assim porque passei mal nas últimas vezes que bebi cerveja e conversei com outra pessoa que também tem IL e ela disse que sempre passa mal após beber cerveja também… que estranho! Mas se não leva lactose, talvez seja alguma outra sensibilidade que porventura temos ao malte ou coisa assim, porque sei que não passo muito bem também quando como muita massa com trigo (pães, macarrão etc…) devo comer moderadamente, tenho observado isso em mim e estou procurando me controlar, porque adoro massa! Fiz o exame e não sou celíaca ainda bem! Posso comer bolo, macarrão, pães, mas nada de exagerar, devo variar com outros alimentos. Acho que no meu caso a intolerância acabou deixando meu sistema digestivo mais sensível como um todo, devo me controlar mais. Beijos e muito obrigada pela ajuda!

    Responder
    • Luana
      8 de fevereiro de 2013

      Mariana, já pensou na possibilidade de ter síndrome do intestino irritável? Minha gastro disse que é bem comum as pessoas que tem IL apresentarem tb síndrome do intestino irritável, e pra quem tem essa síndrome, realmente a cerveja não cai bem, assim como diversos alimentos, se consumidos em grande quantidade… Abraços…

      Responder
  2. Paulo Piffer
    8 de outubro de 2013

    Grato pela pesquisa. Só fica uma dúvida: no processo de fermentação a lactose não seria degradada transformando-se num componente praticamente já digerido que não afetaria as pessoas intolerantes à lactose? Grato

    Responder
    • 8 de outubro de 2013

      Oii Paulo.

      Olha parece que não né? Mas aí teríamos que pedir ajuda para alguém que entende dos processos químicos um pouco mais que eu heheheheh
      Um beijo!

      Responder
  3. jascyane fernandes noleto silva
    17 de dezembro de 2013

    oii gostei muito do lactose nao.tenho um filho que tem intolerancia tambem
    e quando te encontrei aq..fiquei muito feliz….
    bjim;grata jascyane!

    Responder
  4. Klaus Lavinas Mingrone
    4 de janeiro de 2014

    Você foi na raiz da questão.Parabéns e obrigado pelo esclarecimento.

    Responder
  5. marlene de mello perez
    17 de março de 2014

    Cara Flávia, obrigada pela ajuda que você presta a todos nós que sofremos de IL. Você nem imagina quanto é valiosa! A receita de leite condensado é ótima e agora tomo minha cerveja mais tranquila, apesar de nunca sentir qualquer desconforto. Ainda bem!
    Continuarei acompanhando suas informações sempre tão claras e …divertidas!
    Um beijo, Marlene.

    Responder

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *