Como incluir celíacos, alérgicos e intolerantes

Oioii, pessoal! Nesta época do ano, as confraternizações e festas estão a mil e por isso achei que seria uma boa hora para falar um pouco sobre como incluir celíacos, alérgicos e intolerantes no seu evento.

Diferente da maior parte dos meus post aqui, este é para quem não tem nenhuma alergia alimentar, mas tem algum amigo ou familiar que não pode, por questões de saúde, consumir algum alimento.

Nós, que temos doença celíaca, intolerâncias e alergias alimentares, adoramos ir à festas, jantar com amigos, restaurantes, fazer happy hour no barzinho e tudo mais que vocês, que não têm, gostam 🙂

Único probleminha é que a maior parte das pessoas lembram de nos convidar, mas não lembram de nos incluir.

No vídeo que contei como me acostumei com minhas alergias (assista aqui), comentei como o apoio de família e amigos é essencial. Mas apoio não é só entender.

Apoio de verdade é incluir, e é por isso que estou aqui. Elaborei algumas dicas práticas para que você veja que não vai ter mais trabalho na preparação do seu evento para conseguir nos incluir.

Espero que você se sensibilize com nossa causa.

Não somos chatos para comer e nem frescos, é nossa saúde em jogo.

A maior parte de nós, assim como você, adora pizza, bolos, docinhos, tortas, pães e queijos, mas infelizmente nós não podemos comer.

Aqui estou abrangendo várias situações, das mais graves a mais “leves”, mas a verdade é que cada um tem um organismo, um estilo de vida e um sistema imunológico, portanto, se seu convidado disse que não pode comer X, ele não pode.

Não é legal duvidar, questionar, achar que é frescura ou que está exagerando. Você não sabe como é, lembre-se de respeitar.

 “Aiiii tadinho, que pena que você não pode provar, está uma delícia” 

Nem pense em falar qualquer coisa assim! Muito menos nos olhar com cara de dó.

Isso não é apoio e é chato! A gente sabe que deve estar ótimo e você acabou de perder vários pontos.

 Por favor, não se ofenda se fizermos várias perguntas 

Gato escaldado tem medo de água fria – já ouviu esse ditado? Celíaco, alérgico e intolerante que já se contaminou sem querer, tem medo de comer o que não sabe como foi feito.

Eu, por exemplo, já passei por várias situações em que o anfitrião quis me incluir, adaptou a receita que iria fazer, mas passou manteiga na frigideira, usou cerveja ou caldo de tempero pronto para temperar e fazer molho, flambou banana no whisky, etc. Todos esses produtos têm glúten ou leite, e como essas informações ainda não são claras no rótulo, confundem bastante.

Portanto, se fizermos várias perguntas, é só para garantir que não vamos ter surpresas depois.

 Se seu cardápio ou o local que escolheu não tem opções sem glúten/leite, avise 

Claro que você não precisa mudar todo o seu evento para nos incluir, nós nem queremos que você faça isso.

Apenas avise que não vai ter opções, assim nos preparamos levando uma marmitinha ou comendo antes de ir ou talvez não indo (#sincera).

 Na dúvida, pergunte 

Sabemos que vocês nos amam e querem nos incluir, mas infelizmente tem muito glúten e leite escondido por aí.

Portanto, se você estiver em dúvida em algum prato, ingrediente ou produto comprado, pergunte. Nós vamos poder te ajudar e tudo vai dar certo!

 Não importa a quantidade que tem, você deve avisar 

Não é quantidade que determina se vamos ter reação ou não. Se tem o que não podemos, vai fazer mal, não importa se 1 colher de café ou 5 xícaras de chá.

 Por favor, em hipótese alguma esconda que tem glúten/leite 

Isso já aconteceu comigo e já deve ter acontecido com 99% dos celíacos/alérgicos.

Por algum motivo desconhecido, o amigo ou parente, acha que se você não ficar sabendo, vai comer e não vai passar mal – porque deve ser psicológico.

Falta de respeito total. Nem pense em fazer isso!!!!!

 Se falarmos para não se preocupar, não se preocupe 

Você recebeu um celíaco/alérgico em sua festa e não fazia ideia do que poderia servir, não lembrou de avisar que não ia ter nada para comermos, esqueceu totalmente de tudo e está se sentindo mal.

Se falarmos que está tudo bem e que não precisa se preocupar, acredite.

Já passei por várias situações incômodas com o anfitrião querendo resolver de última hora e se incomodando muito mais que eu com a situação.

Não é a primeira vez que passamos por isso e não será a última. Está tudo bem! (Só lembre desse post na próxima kkk)

 Celíacos, alérgicos e intolerantes guardam um lugar especial para quem nos inclui de verdade 

Eu lembro de todas as pessoas que se importaram de verdade em me incluir. Algumas dicas simples:

Na hora do aperitivo/happy hour:

  • Compre um pacote de torradas/pão sem glúten e leite para seu amigo participar do aperitivo.
  • Veja aqui quantas ideias simples para servir com as torradinhas.
  • Sirva cenouras, pepino e outros vegetais cortadinhos.
  • Castanhas, amendoim, amêndoas, normalmente podemos, só verifique a embalagem.
  • Na pior das hipóteses, batata chips serve kkkkk.

Na hora do jantar/almoço

  • Arroz, saladas, carnes grelhadas – tudo é sem glúten e leite.
  • Não utilize temperos prontos (tipo Knorr), nem aquelas sopas de cebola, os dois têm glúten.
  • Não frite e nem refogue nada na manteiga, use azeite ou óleo.
  • Se precisar empanar, utilize farinha de mandioca ou amido de milho.
  • Não utilize cervejas para temperar e nem fazer molhos.

Na hora da sobremesa

  • Chocolate 70% cacau de marcas boas são uma boa pedida!
  • Frutas cortadas e apresentadas em um prato bonito para podermos participar da sobremesa já é um gesto de carinho sem fim para nós.

Bom, amigos, é isso!

Eu espero do fundo do coração que a gente comece a ser incluído mais, porque haja bom humor para passar em todas as festas e eventos sem poder participar de verdade.

Se quiser se retratar porque viu que já fez uma ou várias dessas com seu amigo alérgico, presenteie ele com um dos meus e-books com receitas exclusivas. Ele vai amar seu carinho, aposto! Tenho opções a partir de R$19,90, confira aqui.

Gostou das minhas dicas? Me acompanhe também nas redes sociais, sempre posto coisas novas! Youtube, Facebook, Instagram

Um beijo!

Sobre o Autor

Flavia Machioni

Flavia Machioni

Oiii, eu sou a Flavia, autora do Lactose Não. Aqui, divido minhas invenções na cozinha, dicas de viagem, mostro meu estilo de vida e passo um pouquinho do que tenho aprendido desde que descobri ter alergias alimentares ao glúten e leite :)

3 comentários em “Como incluir celíacos, alérgicos e intolerantes

  • 13 de janeiro de 2017 at 20:12
    Jussara

    Flávia

    Maravilhosa essas suas dicas para incluir as pessoas que têm algum tipo de alergia ou intolerância. Realmente é muito difícil quando participamos de algum evento e não podemos comer nada. A gente se sente excluído mesmo. Eu adoro ir à festas, mas depois que descobri que tenho intolerância ao glúten e à lactose tenho restringido bastante os lugares que eu ia antes. Ainda bem, que tenho quatro amigas de muitos anos e estas agora sempre escolherem lugares para irmos aonde possuem comidas que posso comer. Isso sim é amizade. Mas, infelizmente, nem todo mundo pensa assim, talvez até por desconhecimento da gravidade desse problema.
    Quem sabe com mais divulgação esse quadro possa modificar. Creio que também os bufês deveriam oferecer essa opção sem glúten e sem leite para as festas. Quero aproveitar para lhe dar os parabéns por tantas receitas maravilhosas e deliciosas, pois, ao contrário do que muitos pensam, receitas sem leite e sem glúten também são saborosas. Podemos, sim, nos alimentar muito bem e com sabor.
    Um grande abraço, Jussara.

    Reply
  • 10 de junho de 2017 at 12:40
    Helen

    Oi Flavia adorei esse post até compartilhei, mas seria bom alertar também sobre a contaminação cruzada, quando utilizar um utensílio p fazer pratos “normais” não pode utilizar os mesmo na preparação dos nossos, nem a mesma panela, pois já vi acontecer muito isso e eu acabar passando mal. E quando fizer algo com trigo o ambiente contaminou e especificamente no meu caso já basta p passar mal depois. O que eu peço para meus amigos é me fale qual vai ser o prato e se der eu mesmo faço a versão sem glúten sem lactose sem corantes etc (rs)…

    Reply
    • 10 de junho de 2017 at 13:20

      Oi Helen!
      Verdade, precisamos sempre lembrar da contaminação cruzada. Único porém, é que aí uma das únicas alteranativas é levar sua própria comida mesmo, já que dificilmente um amigo terá um panela nunca usada e que ficará somente para preparos sem glúten =/

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *