Bem-vindos!!

Ao meu novo site, amigos.

Eu sou a Flavia Machioni, autora do Lactose Não. Desde que descobri minhas alergias alimentares minha vida mudou totalmente. Assumi responsabilidade pela minha saúde e bem estar e vou te auxiliar a fazer o mesmo!
Clique aqui para conhecer mais da minha história, aqui para conferir receitas sem glúten e lactose que desenvolvo e saber mais sobre intolerância à lactose, alergia à proteína do leite e doença celíaca.

Últimos Posts:

Maquiagem, beleza e alimentação

Oii amigas maravilhosas!!! Hoje quero conversar com vocês sobre maquiagem, beleza e alimentação. Faz alguns anos que tenho trocado alguns produtos cosméticos do meu dia-dia por opções orgânicas, sem parabenos, silicone, e ingredientes naturais, tipo os que temos na nossa cozinha. Quem já foi em algum dos meus cursos sabe que gosto muito de usar a comida e seus nutrientes para otimizar o que somos e alcançarmos o que queremos ser, então sempre estou buscando mais conhecimentos e estudando mais sobre alimentação, beleza, saúde e bem-estar. Nossa pele é o maior dos nossos órgãos, sabia? Tudo o que passamos nela é absorvido e metabolizado pelo nosso organismo. Por isso, é um caminho natural que se você está começando a cuidar melhor do que coloca no seu prato, também vai começar a se interessar no que você coloca na sua pele. A esmagadora maioria dos cosméticos tradicionais que compramos por aí estão cheios de substâncias que alteram o funcionamento do sistema endócrino (alteram a produção e excreção de hormônios), derivados do petróleo e contaminantes como alumínio, chumbo e fluor, sabia? A pele nos diz muito sobre como estamos no interior. Perceba que quando você come algo diferente podem aparecer espinhas. Ou como ela fica mais oleosa ou seca dependendo do que você tem feito ou comido. Em momentos de stress, quantas pessoas não ficam com brotoejas e alergias mais afloradas? Eu, por exemplo, qualquer contaminação que eu tenha, aparecem espinhas e minha dermatite volta em poucas horas. Na minha última viagem a Nova York, fim de maio, comprei um livro chamado Eat Pretty - nutrition for beauty inside and out, que traduzo livremente para: Coma bonito - nutrição para beleza dentro e fora. Além dos conhecimentos ótimos que passa sobre alimentos, digestão, etc, a autora logo no início fala que
beleza real é aceitação,
e isso fez um boom na minha cabeça e comecei a questionar várias coisas. Na realidade, o questionamento começou quando uma das minhas melhores amigas falou que me achava super bonita sem maquiagem e disse que seria legal se eu falasse sobre isso por aqui e nas redes sociais, que assim eu poderia ajudar a desmistificar um pouco essa ideia que nós temos tão dentro de nós de ficarmos tentando nos encaixar em padrões. E eu fiquei refletindo. Conversei com algumas de vocês no Snapchat e no Instagram e vi que muitas de nós temos vergonha e até um certo medo de sair sem maquiagem. Muitas, saem sem maquiagem, mas só porque fizeram tratamentos com laser, ácidos, peelings agressivos, preenchimentos, botox e vários outros procedimentos estéticos nada naturais. Entenda, não estou criticando quem faz esses procedimentos, acho eles válidos se a pessoa realmente vai se sentir melhor e mais confiante com eles. Fora que em alguns momentos eles são recomendados. Mas, fazer por fazer, porque você está na idade y, porque alguém disse que você devia, acho uma bobagem.
Você só se sentirá bonita e feliz por fora se estiver bonita e feliz por dentro. Simples assim.
Eu tenho refletido o que usar maquiagem significa para mim e tenho ficado no dia-dia sem. Faço meus vídeos diários lá no Instagram e Snapchat com a cara lavada e tem sido libertador - e assustador ao mesmo tempo. Inclusive postei essas duas fotos no Instagram, esses dias.

A post shared by Flavia Machioni (@lactosenao) on

Os primeiros dias eu me achei muito esquisita e feia. Ainda estou em processo, mas está mais tranquilo. Já fui a compromissos sem maquiagem, saí jantar com o namos sem maquiagem, tem sido bem legal. Mais legal porque tenho me sentido mais confiante, mais feliz por ver minha pele respirando e sendo ela, meus cílios sem rímel e tudo mais. É, está bem legal. Claro, ainda uso maquiagem e gosto de como fico com ela. Meus cílios clarinhos e minhas olheiras ficam menos evidentes e eu gosto também. Mas estou trabalhando para que não seja uma obrigação ficar com maquiagem, que não seja algo imposto, mesmo que inconscientemente. Essa experiência faz parte de um processo.
Toda mudança é um processo e começa devagar, vai crescendo e eventualmente está bem formada. A minha mudança começou com a alimentação, com o interesse em entender meus problemas de saúde e querer melhorar eles. Isso tudo fez eu estar aonde estou hoje.
O legal dessa experiência é dar tempo para sua pele respirar e ser como ela é. Tudo o que acontece em nosso corpo está conectado, tudinho! Quanto mais estamos atentas, mais nós percebemos. Como disse, faz uns anos que tenho trocado meus cosméticos por opções mais naturais. Ainda não sou 100% natureba nesse quesito, mas já estou bem melhor. Meu próximo post será mostrando quais produtos e marcas que uso e já experimentei e também com algumas receitas caseiras que adoro 🙂 Conta para mim aqui como é sua relação com tudo isso! Adoro quando vocês participam ❤️. Um beijinho!
Leia Mais >

Sobre buscar motivação, mas precisar de disciplina

Começar e não terminar. Sentir culpa, arrumar justificativas e trocar uma coisa pela metade por uma nova, que logo também será largada pela metade. Se isso te incomoda, chega mais. Não sou psicóloga, nem coach, muito menos um case de sucesso, mas andei refletindo e acho que consegui ampliar minha visão sobre tudo isso. Zona de conforto: quem é louco de querer sair de algo com esse nome? Não é à toa que se chama assim, por um tempo é muito confortável permanecer nesse estado. Mas ela não oferece satisfação, nenhuma conquistinha, nada. Basicamente, você se distrai vez ou outra com os feitos dos outros. É, meio pesado olhar por esse lado. Ok, você decide ir atrás do que quer e, na empolgação dos primeiros resultados, vê que é possível chegar onde deseja. Mas essa energia baixa. Imprevistos, preguiça, motivos não faltam para as coisas saírem dos trilhos. De pequena em pequena decisão, aquela motivação se dissolve. E a frustração retorna.

Arrancando o esparadrapo de uma vez

A gente espera se sentir disposto para fazer exercícios ou estudar, ou o combo boas opções + vontade para só então se alimentar melhor, por exemplo. Acho que não é uma característica especial minha, todo mundo é assim, com maior ou menor intensidade. O que me dei conta foi que essa ordem estava errada na minha cabeça. Nem sempre a sensação vem antes da ação. Na maior parte das vezes é o contrário: depois da ação feita é que vêm a satisfação -  disposição e a leveza – no caso dos exemplos.
Dessa maneira, chegamos numa espécie de conceito de disciplina: fazer o que não se está com vontade na hora, mas sabe que é a melhor escolha. Ninguém é movido por motivação 100% do tempo, nessas horas temos que ter disciplina mesmo. Não precisa sentir culpa 🙂
As pequenas escolhas são as mais difíceis. Pensamos mais racionalmente na hora de comprar um carro ou de ir (ou não) fazer exercícios? Na primeira situação a gente leva em conta o custo-benefício e faz contas a longo prazo, e na segunda, a decisão é mais frequentemente baseada em estou/não estou disposto, está/não está chovendo, e por aí vai. Não sei vocês, mas acredito que ser um pouco mais racional não faria mal no segundo caso. Por mais simples e talvez até batido que seja o assunto motivação x disciplina, parar para analisar nossas decisões é sempre produtivo. Afinal, grandes mudanças são nada mais que um monte de escolhazinhas.
Leia Mais >

Sopa de legumes fácil e deliciosa

Oii, amigos!!! Hoje vou mostrar como fazer uma sopa de legumes fácil e deliciosa. Se me acompanha no Instagram, viu que estou um pouco doente e por esse motivo preparei essa sopa de legumes bem fácil de fazer e que ficou muito deliciosa. Eu nunca fui muito fã de sopa, admito, mas hoje em dia dou muito valor a elas, principalmente pela facilidade e versatilidade do preparo. Eu gosto bastante de sopas tipo cremes, sem pedaços e com textura mais aveludada, sabe? E essas são as mais fáceis de fazer. Quando você tem em casa caldos caseiros congelados, fica ainda mais fácil. Se quiser aprender como faz, você pode comprar minha apostila Bases da Gastronomia Funcional, clicando aqui. Tem várias receitinhas imprescindíveis na cozinha funcional e que facilitam demais a vida. Eu não tinha caldo caseiro congelado, então enquanto fazia minha sopa eu fiz um mini caldo e já cozinhei o restante dos ingredientes todos juntos. Como eu ia liquidificar, não fez diferença e não teve perda nenhuma. Isso é outra coisa importante a se considerar, normalmente quando cozinhamos alimentos, parte de seus nutrientes são perdidos na água e no vapor do cozimento. Sopinhas, para terem o máximo dos nutrientes, devem aproveitar tudo, como essa que ensino aqui para vocês. Se estiver ficando gripada ou com a imunidade baixa, acrescente um pedaço de alguma alga marinha, riquíssima em minerais e outros nutrientes importantes. Vai ser tipo levanta-defunto hihihihih Essa eu ainda servi com cebolas caramelizadas, ficou uma delícia! Até o namos que não ama sopa, amou, comeu tudo! kkkkk Nessa época do ano, além da sopa vir para esquentar as noites mais geladas, elas ainda têm um poder incrível de aumentar nossa imunidade, dependendo da escolha dos ingredientes, claro. Salve esta receita e tenha uma refeição deliciosa, nutritiva e saudável em menos de 20 minutos. Esta receita é (clique nos ícones para mais receitas de cada categoria): sem-glutensem-ovossem-sojasem-lactosecomida-vegana
Leia Mais >

Milkshake vegano

Quem aí já provou milkshake vegano de chocolate? Uma bebida deliciosa, refrescante e que me lembra infância. Qual criança não gosta de um belo milkshake, né?

Para quem tem intolerância à lactose ou optou por uma dieta sem lácteos ou vegana, saborear um delicioso milkshake pode parecer surreal. Masss, nada que Flavia não possa ajudar ihihi

Esta receita de milkshake vegano de chocolate vai pouquíssimos ingredientes, mas ingredientes de muita qualidade - porque bem sabemos que não adianta cortar glúten/lactose e comer só besteira, né? Então, para deixar essa delícia super cremosa eu usei a biomassa de banana verde congelada.

A biomassa de banana verde é um alimento probiótico, que alimenta as boas bactérias que vivem em nossa microbiota intestinal. Alimentando elas, nossa imunidade aumenta, conseguimos absorver melhor os nutrientes, diminuímos inflamações, diminuímos a absorção de gorduras e regulamos diversas outras atividades metabólicas. Demais, né?

Você pode assistir como preparar ela no vídeo abaixo: Tão simples e tão incrível.

Além da biomassa, essa receita leva o leite de coco pronto para beber sabor chocolate da Ducoco. Eu achei esse leite demais!!! Parece aqueles achocolatados que eu tomava quando pequena, só que sem lactose e adoçado com açúcar mascavo. Muito amor, né?

Mas, não se preocupe, caso você não tenha ele em casa, use o leite de coco caseiro e adicione chocolate em pó ou cacau, como abaixo:

  • 4 colheres de sopa de chocolate em pó (conferir sempre boas marcas, para que o primeiro ingrediente seja cacau em pó e não açúcar).

OU

  • 2 colheres de sopa de cacau em pó
  • 2 a 3 colheres de sopa de melado ou açúcar mascavo

Ah, outra coisa, você pode adaptar essa receita e fazer milkshakes veganos de outros sabores também, como baunilha, morango, caramelo, etc.

Agora, vamos ver como preparar essa maravilha!

Esta receita é (clique no ícone para mais receitas da categoria): sem-glutensem-acucarsem-sojasem-lactose
comida-vegana
Leia Mais >

Smoothie vegano

Oii, amores!!! Hoje venho passar algumas receitas de smoothie vegano sem lactose.

Smoothies são sucos/vitaminas bem cremosas, que normalmente leva iogurte e diversas frutas. Aqui, na minha versão, vamos trocar o iogurte por leite vegetal, e conseguir a cremosidade a partir de ingredientes funcionais e frutas congeladas. Legal, né?

Eu gosto de smoothies pois são uma opção prática e nutritiva para café da manhã ou lanches e podem ser feitos com uma variedade de ingredientes.

Hoje, separei duas das minhas receitas preferidas: smoothie de banana e manteiga de amendoim e smoothie de frutas vermelhas antioxidante.

O smoothie vegano de banana e manteiga de amendoim é feito com ingredientes super energéticos e eu ainda acrescento alguns ingredientes funcionais como a canela e o gengibre. Vocês não tem ideia do sabor maravilhoso que fica! Dá vontade de tomar litros ihihih

Você pode fazer sua manteiga/pasta de amendoim em casa, veja como aqui. Também pode ser feita com amêndoas, nozes, ou qualquer outra oleaginosa que você tiver por aí.

O smoothie vegano antioxidante leva frutas vermelhas e beterraba, e por isso é super bacana para um pós-treino. Alimentos ricos em substâncias antioxidantes para logo após o treino é muito legal para evitar o desgaste demasiado dos músculos e a oxidação que os radicais livres liberados promovem. Fizemos bastante esforço e o corpo precisa de combústivel para se recompor 🙂

Nos dois, eu usei o leite de coco pronto para beber da Ducoco, que é super prático e bem saboroso. Você pode ainda usar o leite de coco caseiro.

Para cremosidade extra no seu smoothie vegano, o truque é usar frutas congeladas. No caso da banana, congele quando ela estiver quase passando, bem madurinha, assim fica bem docinho e não precisa adicionar açúcar!

A receita para o smoothie vegano antioxidante é esta abaixo, e rolando a página um pouquinho mais você vê a receita do smoothie de banana e manteiga de amendoim.

Está naqueles dias super corridos, amiga? 🤸🏽‍♀️ Então salva aí a ideia pro café da manhã nutritivo, saudável e super pratico: smoothies #semlactose ❤️. Esse da foto é super antioxidante e ainda funciona bem legal para pós-treino. Salva a receita desse, deixa um 🦄 do amor e se quiser mais ideias de smoothies avisa também que vocês sabem que sou maior amiga puxa-saco né, sempre acabo fazendo pra agradar vcs 😂 Smoothie de frutas vermelhas #vegano Ingredientes: 2/3 copo de leite de coco pronto pra beber @ducocobrasil (pode ser o caseiro) 2/3 xícara de morangos congelados ou outras frutas vermelhas como amora, mirtilos, romã 1 pedaço pequeno de beterraba crua 1 colher de sopa de chia Manteiga de coco para colocar por cima - faz uma casquinha deliciosaaaaa Modo de fazer: Bata todos os ingredientes no liquidificador até ficar bem cremoso! Prontinhoooo! Facílimo né? Para um UP, acrescente alguma proteína em pó, como de arroz ou ervilha. 📍Teste várias combinações de frutas, especiarias, sementes e folhas verdes também! Gostaram? Marca a #lactosenao para eu ver! #cafedamanhaln #publi #flamachioni

A post shared by Flavia Machioni (@lactosenao) on

Lembre que são sugestões, você pode usar a base deles e trocar frutas, acrescentar folhas verdes e etc.

Esta receita é (clique no ícone para mais receitas da categoria): sem-glutensem-acucarsem-sojasem-lactose
comida-vegana
Leia Mais >

Bolo de chocolate com biomassa de banana verde

Oii, gente! Criei essa receita de bolo de chocolate com biomassa de banana verde sem glúten, açúcar e lactose e ficou surpreendente! Uma massa muito simples de fazer, é só bater tudo no liquidificador. Para quem ainda não conhece a biomassa de banana verde, clique aqui para ver como fazer e quais os benefícios que ela tem. Lembre-se sempre que todas as receitas que crio, além de procurar sabor, aparência e textura, eu escolho os ingredientes buscando um objetivo.  Eu procuro sempre explicar o porque estou usando cada ingrediente, assim você começa a entender mais sobre cada um deles e vai entendendo o que substituições farão com a receita. Se gosta de receitinhas assim, não deixe de conferir meu e-book Tchau Candi, com 16 receitas sem glúten, lactose, açúcar e carboidratos simples para café da manhã e lanche. Clique aqui e compre o seu por apenas R$19,90.

A post shared by Flavia Machioni (@lactosenao) on

As escolhas das minhas farinhas sempre tento que seja o mais nutritiva possível, evitando farinhas como a de arroz, féculas e polvilhos, para que não tenhamos produtos que aumentem a glicemia no sangue e a inflamação no organismo. Também procuro usar pouco açúcar e alternativas ao açúcar comum, como adoçante a base de xilitol, maltitol, eritritol e stevia. Nessa eu usei o Soft Sugar, um adoçante natural a base de eritritol, polidextrose e stevia, da Chocolife, uma marca que eu adoro! Você encontra para comprar neste site, e tem vários outros produtos legais, como chocolates sem lactose. Usando o cupom lactosenao você ganha 10% de desconto! Além disso, outros ingredientes que alguns podem achar estranhos e difíceis de achar, entram para enriquecer com fibras, amido resistente, gorduras boas, fitonutrientes e substâncias antioxidantes. E você achando que era só um bolo de chocolate, né?! 😂 Apesar de poder substituir os ingredientes, nessa e em todas as minhas receitas, como passo aqui é como eu acredito que fica melhor em quantidades e escolhas, portanto, lembre-se que as adaptações são por sua conta e risco 🙈 Outra coisa, a manteiga ghee é sem lactose mas contém lácteos. Alérgicos a proteína do leite não devem consumir. Veja as substituições possíveis e abaixo, a receita completa.
  • Farinha de grão de bico, responsável pela estrutura do bolo: por farinha de aveia sem glúten, farinha de painço ou outra farinha integral sem glúten.
  • Farinha de castanhas, vai trazer umidade e maciez a massa: qualquer farinha de oleaginosas como amêndoas, castanha do Pará, amendoim, etc.
  • Softsugar, adoça a receita: xilitol, stevia, ou até açúcares como mascavo, demerara e de coco.
  • Biomassa de banana verde,deixa o bolo mais fofinho, úmido e acrecsenta nutrientes: não tem substituição. Caso não tenha, faça outra receita de bolo de chocolate, como essa ou essa.
  • Ovos, vão ajudar na liga da massa e em sua expansão: não testei, mas tente com farinha de linhaça.
  • Manteiga ghee: óleo de coco ou qualquer outro óleo vegetal
  • Cacau: pode substituir por alfarroba.
Esta receita é (clique no ícone para mais receitas da categoria): sem-glutensem-acucarsem-sojasem-lactosecomida-integral
Leia Mais >

Receitas

Confira aqui receitas sem glúten, lactose, proteína do leite e ovos. Opções deliciosas e super nutritivas!

Cursos

Acompanhe minha agenda de cursos de gastronomia funcional restritiva pelo Brasil.
Módulos temáticos com receitas nutritivas e livres de alergênicos.

Personal Cook

Consultorias e aulas particulares customizadas para suas necessidades e interesses. Cozinhamos juntos enquanto ensino técnicas e conceitos da alimentação natural funcional.

Apostilas

Clique para conhecer minhas apostilas de receitas e técnicas sem glúten, lactose, ovos e açúcar refinado.

Aqui você encontra conteúdo relevante
sobre alergias alimentares e estilo de vida saudável.

Depoimentos de Alunos

Conecte-se nas minhas redes sociais